OpenMandriva: Nós somos a única distro GNU/Linux a usar Clang como compilador principal



A informação chegou a pouco pela Equipe OpenMandriva de que o sistema operacional da próxima OpenMandriva Lx3 GNU/Linux irá usar o compilador LLVM Clang por padrão. Em um anúncio muito curto no blog oficial publicado em 12 de maio de 2016, na página inicial do projeto, o colaborador do OpenMandriva, Jean-Claude Vanier, se gaba com o fato de que o OpenMandriva é atualmente a única distribuição baseada no kernel Linux que utiliza Clang como compilador principal em vez do conhecido GCC (GNU Compiler Collection).

OpenMandriva é atualmente a única distribuição que usa Clang como compilador principal”, disse Jean-Claude Vanier, moderador do OpenMandriva Lx. “Embora não haja diferença clara entre ambos os compiladores, que prove pelo menos, que não possa usá-lo.

“OpenMandriva Lx3 Einsteinium” está agora em desenvolvimento”

Agora que todas as outras distro GNU/Linux estão tentando mudar para o mais recente GCC 6 como compilador padrão, a equipe de desenvolvimento OpenMandriva decidiu pensar um pouco diferente e usar LLVM Clang como o compilador principal para o próximo sistema operacional OpenMandriva Lx3, que está atualmente em fase de testes.

A primeira versão beta do OpenMandriva Lx3 2.015, 0 Linux embarcado no início de abril 2016 com dezenas de novos componentes, incluindo o ambiente desktop KDE 5.6 Plasma com o KDE Frameworks 5,20 e Aplicações do KDE 15.12.3, systemd 229, X.Org Servidor 1.18.2, Mesa 11,2 Graphics Library 3D, bem como do kernel Linux 4.1.18 LTS.

Apelidado de Einsteinium, OpenMandriva Lx3 2.015 deve ter uma RC (Release Candidate) pronta, nas próximas semanas e a versão final do sistema operacional Linux baseado no kernel pode chegar em junho ou julho. Por enquanto, a equipe OpenMandriva não compartilhou quaisquer detalhes sobre o cronograma de lançamento do próximo sistema operacional, sendo assim, estas são apenas as nossas previsões com base em versões anteriores.

Fonte [ads-post]



você pode gostar também Mais do autor

Comentários