Como Configurar Um Debian Studio – Parte 2 : Como Instalar o JACK, o Servidor de Áudio Profissional para Linux

Na postagem anterior (Link no final do post) vimos como compilar um kernel RT no Debian 8, procedimento necessário para que possamos trabalhar com áudio não somente no Debian, mas em qualquer distribuição Linux.
Nesta postagem iremos realizar algumas configurações necessárias para que tenhamos um sistema de áudio em Real Time, e também realizaremos a instalação e configuração do Jack – Jack Audio Connection Kit, a melhor opção para trabalharmos com áudio no Linux.

Configurando o grupo de Áudio

Para que possamos trabalhar com áudio utilizando preempção RT no Linux não basta apenas compilar um kernel RT. Isso mesmo, não basta compilar o kernel, pois além da compilação do mesmo é necessário realizar algumas configurações, extras, para que o sistema esteja realmente pronto para as nossas atividades.
Para termos prioridade máxima ao usarmos nosso sistema para o trabalho com áudio, devemos realizar algumas configurações como foi dito anteriormente. Primeiramente devemos verificar se temos o grupo audio devidamente criado em nosso sistema, para tal execute o seguinte comando:
[code type=”Copie e cole no terminal como ROOT e pressione ENTER”]groups[/code]
Na saída deste comando tem de aparecer o grupo “audio” entre os demais grupos, caso você não tenha tal grupo criado, ou não pertença ao mesmo, você terá de criar ou adicionar o seu usuário ao grupo caso ele exista, vejamos:
Criando o grupo “audio” e adicionando usuários ao mesmo:
[code type=”Copie e cole no terminal como ROOT e pressione ENTER”]groupadd audio && adduser usuário audio[/code]
Caso o grupo exista, e você não seja um membro do mesmo, basta adicionar o seu usuário ao mesmo com o comando que segue:
[code type=”Copie e cole no terminal como ROOT e pressione ENTER”]adduser usuário audio[/code]
Após a realização de tais procedimentos devemos configurar o grupo audio para ter prioridade máxima em relação aos demais processos, dessa forma devemos incluir o conteúdo que segue no final do arquivo /etc/security/limits.conf. Este procedimento também deve ser realizado pelo root.
[code type=”Cole no arquivo limits.conf”]@audio – rtprio 99
@audio – memlock unlimited
@audio – nice -19[/code]
Após este procedimento basta reiniciar o sistema e pronto, o sistema já pode ser usado para trabalharmos com preempção RT.
JACK Audio Connection Kit – JACK, o Servidor de Áudio Profissional para o Linux
O JACK como é mais conhecido é um servidor de áudio profissional para o Linux, com foco em sistemas que visam a baixa latência como prioridade. Com o JACK é possível manipular múltiplos clientes em ambiente de baixa latência, gerenciando e sincronizando vários streams de áudio.

Instalação do JACK

Para instalarmos o JACK no Debian basta o usarmos o apt-get, vejamos:
[code type=”Copie e cole no terminal e pressione ENTER”]apt-get install jackd qjackctl patchage[/code]
Após instalarmos o JACK iremos configurá-lo para termos um bom desempenho com as aplicações, para tal podemos configurá-lo por meio do qjackctl, vejamos:
[code type=”Copie e cole no terminal e pressione ENTER”]qjackctl[/code]
Após executar o comando anterior clique no botão Setup para abrir a janela de configurações do programa.
Como Configurar Um Debian Studio – Parte 2 : Como Instalar o JACK, o Servidor de Áudio Profissional para Linux
Configure o qjackctl conforme a imagem anterior, se for necessário altere alguns parâmetros de acordo com a sua necessidade. No entanto temos de ficar atentos ao indicador de latência – Latency – na parte inferior da janela de configurações, pois é por meio dele que vamos nos guiar para que possamos, tentar, chegar ao mínimo de latência.
Veja que ao alterarmos algumas opções como Frames/Period ou Sample Rate a taxa de latência muda para mais ou para menos. Nosso objetivo é mantê-la com o menor valor possível, mas devemos ter em mente que quanto menor for o valor maior será o risco de termos quebras e atrasos – xruns. Dessa forma devemos testar e encontrar a melhor configuração para o nosso hardware. Estou conseguindo usar o sistema com 5,33 milissegundos de latência o que para mim é muito bom.
As alterações realizadas pelo qjackctl ficam gravadas no arquivo de configuração do jackd o .jackdrc, desta forma também podemos editar tal arquivo para configurar o JACK.
Outra forma, de uso e configuração, seria por meio da linha de comando onde podemos chamar o JACK sem a necessidade de interface gráfica, o que é muito útil para ser utilizado em scripts.
[code type=”Copie e cole no terminal e pressione ENTER”]jackd -v -R -P89 -dalsa -dhw:0 -r48000 -p128 -n2 -s -z -Xseq[/code]
Onde temos as seguintes opções:
  • jackd – chama o servidor JACK;
  • -v – Ativa o modo verbose;
  • -R – Inicia o JACK com prioridade de tempo real;
  • -P89 – Ativa a prioridade de tempo real do sheduler;
  • -dalsa – Especifica o back-end do sistema de áudio para o ALSA;
  • -dhw:0 – Especifica a interface de áudio que será usada;
  • -r48000 – Especifica a taxa de amostragem do JACK;
  • -p128 – Especifica o número de quadros entre as chamadas de função do JACK;
  • -n2 – Especifica o número de períodos no buffer do hardware;
  • -s – ignora xruns relatados pelo driver ALSA;
  • -Xseq – Seleciona o drive MIDI a ser utilizado.

Basta chamarmos o patchage para termos uma noção de como ficou nossa configuração:
[code type=”Copie e cole no terminal e pressione ENTER”]patchage[/code]

Como Configurar Um Debian Studio – Parte 2 : Como Instalar o JACK, o Servidor de Áudio Profissional para Linux
Utilizando o patchage podemos ver que estou com uma taxa de latência de 3 milissegundo. Como o nosso objetivo é mantermos o sistema com baixa latência e livre de xruns, para conseguirmos tal proeza devemos testar as configurações e chegar a algo que supra as nossas necessidades. Certamente com tais configurações podemos dar início ao nosso trabalho com áudio no Debian 8/9, até a próxima postagem.

[ads-post]

você pode gostar também Mais do autor

Comentários