Site GNU.org diz que os softwares da Microsoft são malwares!

O site gnu.org fez uma matérias onde considera o software Microsoft como malware, juntamente com a Apple e Amazon. Para alguns essa temática abordada pelo projeto GNU nem é novidade, mas parece que eles reuniram provas através de análises de vários sites pelo planeta. Você pode achar normal, afinal o que poderia vir do projeto que prega a liberdade de código, não é?


Mas pela primeira vez, ao invés de atacar filosoficamente, eles apresentaram provas. A FSF é bem conhecida por dizer tudo na lata e muitas vezes por não medir o que vai dizer e como dizer. Mas, qualquer declaração vindo deles, em especial para a Apple e Amazon podem acarretar em um impacto negativo.
E aí você, pensa…mas o Windows então está vindo com vírus ou códigos maliciosos? Bom, digamos que o texto que eles escreveram ataca a parte filosófica da Microsoft, no que diz respeito as licenças e as novas adaptações que foram feitas para o Windows 10.
Trocando em miúdos, FSF diz que “Malware significa software projetado para funcionar de maneira tosca afim de maltratar ou prejudicar o usuário.” Mas, o site não faz nenhuma menção ao fato de que alguns usuários saberem aonde estão colocando os  seus pés, ops todo o seu computador.
Eles alegam que os sistemas Windows têm um backdoor escondido e que no Windows 10 o backdoor é usado para instalar as atualizações automaticamente, já no Windows 8 ele pode desativar remotamente programas, a Microsoft continua a insistir para que os usuários a instalem o Windows 10, a empresa envia várias informações à NSA e se houver algum problema é que abordam o usuário, recentemente a Microsoft acabou com os lançamento s de correções de segurança para o Windows XP, mas com a exceção de algumas empresas que pagam para que a empresa M$ mantenha as atualizações de pé, o que deve esta irritando a gigante que já foi denunciada várias vezes por favorecer o governo dos EUA vantagens, e assim eles precisam que as empresas adotem seu backdoor Windows 10.

Como você pode imaginar, eles também falaram sobre a configuração padrão no Windows 10, que permite que a Microsoft vá “bisbilhotar” a vida dos usuários, a criptografia do Windows 10 quando o disco esta cheio dá à Microsoft uma chave para escanear o que quiser, e quando quiser, já o Microsoft SkyDrive permite que a NSA examine diretamente os dados dos usuários.
Recomendamos que você leia o artigo do site GNU!
[ads-post]


você pode gostar também Mais do autor

Comentários