Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Como instalar e configurar o Nessus no Ubuntu, Debian e derivados

Aprenda como configurar o Nessus em qualquer distribuição baseada no Debian!

ONessus é uma ferramenta de análise de vulnerabilidades, atualmente mantida pela empresa Tenable Network Security. Apesar de originalmente ser uma ferramenta open source, hoje a sua licença permite o uso
gratuito apenas residencial e para treinamento. O uso comercial necessita da aquisição de uma licença específica. Por conta dessas mudanças foi criado um novo produto, a partir da última versão livre do Nessus, atualmente conhecido como OpenVAS. Nesta dica veja como configurar ou instalar o Nessus no Ubuntu, Debian ou derivados.

Fazendo download do Nessus

Clique no botão abaixo para obter o código de ativação:

Código de ativação Nessus

Clique no botão para fazer o download:
Como instalar e configurar o Nessus no Ubuntu, Debian e derivados

Para instalar com o usuário root execute o seguinte comando:

dpkg -i Nessus*.deb

Inicie o serviço do Nessus:

/etc/init.d/nessusd start

Abra o Nessus pela primeira vez, usando o browser de sua preferência:

https://localhost:8834/
Como instalar e configurar o Nessus no Ubuntu, Debian e derivados

 

Registrar o Nessus 

Crie um usuário, por exemplo:
Usuário: admin
Senha: password
Após, registre o Nessus na página com o código enviado ao seu email. O próximo passo será a execução de varredura em um host. Selecione a guia Scans na parte superior e depois basta um clique sobre New Scan na tela exibida. Após, selecionar a opção Basic Scan. Preencha com as informações solicitadas e salve. Após alguns minutos, a ferramenta começa a expor as vulnerabilidades em nível de criticidade, High, Medium, Low e, ao dar um clique sobre o número de vulnerabilidades encontradas, uma janela se abre apresentando detalhes da vulnerabilidade. Ao final da varredura, o Nessus apresenta um relatório rico em detalhes sobre as anomalias encontradas.
Como instalar e configurar o Nessus no Ubuntu, Debian e derivados
Comentários