As melhores distros Linux para 2016!

Confira uma lista com as melhores distros Linux

Want create site? Find Free WordPress Themes and plugins.
O ano de 2015 foi importante para Linux, tanto na empresa como no espaço de consumo. Como todo usuário de Linux sabe, o sistema operacional vem percorrendo um longo caminho de melhorias e, em 2016 não será diferente, será ainda mais emocionante. Neste artigo, apresentaremos algumas das melhores distribuições do Linux que brilharão em 2016.

Melhor Distro remunerada: openSUSE

SUSE, a empresa por trás do openSUSE, é a mais antiga empresa de Linux; foi formada apenas um ano depois do Linus Torvalds anunciar o Linux. A empresa é na verdade o antecessor do rei Linux Red Hat. SUSE também é a patrocinadora da distro baseada na comunidade openSUSE.

Em 2015, openSUSE e a equipe decidiram chegar mais perto do SUSE Linux Enterprise (SLE), para que os usuários pudessem ter uma distribuição que compartilhassem seu DNA com o servidor da empresa, equivalente tanto para o CentOS e Ubuntu. Assim, se tornou openSUSE Leap, uma distribuição que baseada diretamente no SLE SP (pacote de serviço) 1.

As duas distros irão compartilhar o código base para beneficiar os outros. O SUSE irá levar o que é bom no openSUSE e vice-versa. Com este movimento, openSUSE também deixará o ciclo das versões regulares e uma nova versão será lançada em sincronia com SLE. Isso significa que cada versão terá um ciclo de vida mais longo.

Como resultado deste movimento, openSUSE se tornou uma distribuição muito importante porque os potenciais utilizadores SLE podem agora usar o openSUSE Leap. Isso não é tudo, no entanto; openSUSE também anunciou o lançamento do Tumbleweed, uma versão de atualização contínua (RR). Então, agora, os usuários podem usar o openSUSE super estável openSUSE Leap ou a versão sempre atualizada do openSUSE Tumbleweed. Nenhuma outra distro foi tão impressionante.

Distro mais personalizável: Arch Linux

Arch Linux é a melhor distribuição de atualização contínua disponível. O Arch se destaca em muitas áreas:

Arch Linux é uma distro ótima para aqueles que querem aprender tudo sobre Linux. Porque se você tem que instalar tudo manualmente, aprende todos os bits e partes de um sistema operacional baseado em Linux.Arch é a distribuição mais personalizável. Não há nenhum “sabor” Arch de qualquer DE (ambiente desktop). Tudo que você tem é uma fundação e você pode construir qualquer distro que queira em cima dela. Para o bem ou para o mal, ao contrário do openSUSE ou Ubuntu não há nenhum extra, plugin ou adicional. Recebe apenas o que os desenvolvedores criaram.

Arch Linux também é uma das melhores distribuições de atualizações contínua. Ele está sempre atualizado. Os usuários podem executar sempre os pacotes mais recentes, e também podem executar os softwares de pré-lançamento através dos repositórios instáveis. Arch também é conhecido por ter uma excelente documentação. O Wiki do Arch é um recurso muito completo e te da acesso a muitas soluções sobre a distribuição.

O Arch oferece quase todos os pacotes e software que está disponível para qualquer distribuição Linux, graças ao Arch User Repository (AUR).

Distro mais bonita: Elementary OS

As diferentes distribuições de Linux têm foco em diferentes áreas. Na maioria dos casos, estas diferenças são técnicas nas muitas distribuições Linux. A aparência será algo secundário. É um projeto à mercê de um ambiente de trabalho específico.

O elementary OS está tentando mudar tudo isso. Aqui o projeto está á frente, e o motivo é bastante óbvio. A distro está sendo desenvolvida por designers que fizeram seu nome no mundo Linux, criando ícones bonitos.

O elementary OS é bastante rigoroso sobre a aparência, visual e sensações. Os desenvolvedores criaram seus próprios componentes, incluindo o ambiente de trabalho. Além disso, eles escolheram apenas os aplicativos que se encaixam nos modelos dos projetos. Pode encontrar forte influência do Mac OS X no Mac Elementary OS.

A revelação: Solus

O sistema operacional Solus tem atraído muita atenção ultimamente. Um sistema operacional criado a partir do zero. Não é baseado do Debian ou Ubuntu, Solus não é na verdade um “novo” sistema operacional. Obteve por algum tempo diferentes formas e nomes. Mas todo o projeto foi reavivado em 2015 com este novo nome. Ele vem com o ambiente de desktop do Budgie, que foi construído a partir do zero, mas visa integrar juntamente o Gnome. Solus tem a mesma abordagem minimalista do Chrome OS do Google. Solus parece promissor.

Melhor sistema em nuvem: Chrome OS

O Chrome OS pode não ter sua típica distribuição baseada em Linux, porque seu sistema operacional é baseado no navegador para atividades on-line. No entanto, ele é baseado em Linux e seu código fonte está disponível para qualquer um compilar, é um sistema operacional atraente. Qualquer um pode usar o Chrome OS em uma base diária. É um sistema operacional excelente, livre de manutenção, sempre atualizado para qualquer pessoa usar em um computador para simplesmente acessar a internet. Chrome OS e o Android, merecem todo o crédito por fazerem o Linux popular nos PC’s e celulares.

Melhor sistema operacional portátil: Ubuntu MATE

A maioria dos computadores que não tem hardware muito potente ou se você usa um ambiente de trabalho pesado, então, você não terá muitos recursos do hardware ou a duração da bateria à sua disposição, pois eles serão usados pelo sistema operacional em si. O Ubuntu MATE é um excelente sistema operacional. É leve e tem todos as ferramentas necessárias para uma experiência agradável. Graças ao seu design leve a maioria dos recursos do sistema estão disponíveis para aplicações, assim você pode fazer o trabalho pesado sobre ele.

Melhor Distro para Hardware antigo: Lubuntu

Se você tem um PC ou notebook velho, pode dar uma nova vida com o Lubuntu. Lubuntu utiliza LXDE, que se fundiu com o projeto Razor Qt para criar o LXQt. Embora a versão mais recente, 15.04, ainda usa o LXDE, as versões futuras usarão o LXQt. Lubuntu é um sistema operacional que se encaixa perfeitamente em computadores antigos.

Melhor Distro para IoT (internet das coisas): Snappy Ubuntu Core

O Snappy Ubuntu Core é o melhor sistema operacional baseado em Linux para Internet das coisas (IoT) e outras ferramentas. O sistema operacional possui um grande potencial para transformar quase tudo à nossa volta em dispositivos inteligentes, tais como roteadores, drones, cafeteiras, etc. O que torna ainda mais interessante é a forma como o software gerencia as atualizações e oferece segurança extra.

Melhor Distro para Desktops: Linux Mint Cinnamon

O Linux Mint Cinnamon é o melhor sistema operacional para desktops e notebooks poderosos. Não precisa ir tão longe, o Mac OS X do mundo Linux. O Linux Mint foi instável por muito tempo por causa do Cinnamon. Mas, assim que os desenvolvedores escolheram usar o Ubuntu LTS como base, a distro tornou-se incrivelmente estável. O motivo era que desenvolvedores passavam muito tempo se preocupando e mantendo o Ubuntu, eles agora estão investindo todo seu tempo em melhorar o Cinnamon.

Melhor Distro para jogos: Steam OS

Os jogos tem sido uma fraqueza do desktop Linux. Muitos usuários mantém o dual-boot com o Windows só para poder jogar. O Software da Valve está mudando isso. A Valve é uma distribuidora de jogos que oferece ao cliente executar jogos em diferentes plataformas, ele também criou seu sistema operacional aberto a Steam OS, criando uma plataforma baseada no Linux. Até o final de 2015, os parceiros começaram a enviar as máquinas da Steam para o mercado.

Melhor Distro para privacidade: Tails

Nesta época de vigilância em massa por comerciantes em tudo que se passa na web (controle de conteúdo direcionado é uma boa ideia fica anônimo), a privacidade tornou-se um grande problema. Se você é alguém que precisa de manter o governo e as agências fora de seu negócio de marketing, você precisa de um sistema operacional que é criado para manter sua privacidade. E nada bate o Tails para essa finalidade. É uma distribuição baseada no Debian que oferece privacidade e anonimato pelo design. Tails é tão bom que, de acordo com relatos, a NSA considera uma grande ameaça para sua missão.

Melhor Distro para produção multimídia: Ubuntu Studio

Quem pensa que produção multimídia é um dos pontos fracos do Linux e acha que aplicativos de nível profissional então disponível apenas para Windows ou Mac OS X, está completamente enganado. Você precisa apenas conhecer uma distribuição com aplicativos decentes e que utiliza um ambiente desktop leve. E, a melhor distribuição Linux para produção multimídia é o Ubuntu Studio. Ele usa o Xfce e vem com uma ampla variedade de aplicações de edição de imagem, vídeo e áudio. A melhor distribuição Linux para produção multimídia é o Ubuntu Studio.

Melhor Distro Empresarial: SLE/RHEL

Os clientes corporativos não procuram artigos como estes para escolher uma distribuição para executar em seus servidores. Já sabem onde ir: é Red Hat Enterprise Linux ou SUSE Linux Enterprise. Esses dois nomes tornaram-se sinônimo de servidores corporativos. Essas empresas também estão quebrando fronteiras e inovando neste cenário onde tudo é pré definido.

Melhor Distro para servidor: Debian/CentOS

Se você está olhando para a execução de um servidor, mas você não pode ou não quer pagar uma taxa de assinatura para RHEL ou SLE, então não há nada melhor do que Debian ou CentOS. Estas distribuições são o padrão ouro quando se trata de servidores baseados na Comunidade. Eles são suportados por muito tempo, assim você não terá que se preocupar com atualizações frequentes.

Melhor sistema operacional móvel: Plasma Mobile

Embora a distribuição baseada em Linux, Android, está ganhando cada vez mais espaço, muitos na Comunidade de código aberto desejam uma distribuição que ofereça aplicativos tradicionais de desktop Linux em seus dispositivos móveis. Ao mesmo tempo, é melhor se a distro for gerenciada por uma comunidade ao invés de uma empresa que foca para que o usuário não permaneça nos objetivos financeiros da empresa. E é aqui que o KDE Plasma Mobile entra nos trazendo alguma esperança.
Esta distribuição baseada no Kubuntu foi lançada em 2015. Porque a Comunidade do KDE é conhecida por aderir aos padrões e desenvolver coisas em público, estamos bastante animado com o futuro do Plasma Mobile.

Melhor Distro para dispositivos ARM: Arch Linux, ARM

Com o sucesso do Android, agora estamos rodeados de dispositivos baseados em ARM, Raspberry Pi, Chromebook e Nvidia Shield. As distros tradicionais, escritas para processadores Intel/AMD não são executadas nesses sistemas. Algumas distribuições são destinadas ao ARM, mas elas são para hardware específico, tais como Raspbian Pi para Raspberry Pi. É aqui onde brilha o Arch Linux ARM (ALARM), é uma distribuição criada pela comunidade e baseada no Arch Linux. Você pode executá-la em Raspberry Pi, Chromebooks, dispositivos Android e Nvidia Shield. O que faz esta distribuição ser ainda mais interessante é que, graças a (AUR), você pode instalar muitos aplicativos que não tem em outras distribuições.
Did you find apk for android? You can find new Free Android Games and apps.

Comentários