Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Melhorando a perfomance do Mysql com MysqlTuner


MysqlTuner é um script escrito em perl que lhe permite reconfigurar uma instalação MYSQL rapidamente e fazer ajustes para aumentar o desempenho e a estabilidade. As variáveis de configuração e status dos dados são mostrados em um formato simples, juntamente com algumas sugestões básicas para melhoria do desempenho.
  • MySQL 3.23,4.0,4.1,5.0,5.1,5.5,5.6 (full suport);
  • MariaDb 10.1,11.0
  • Perl 5.6 ou superior (com o pacote perl-doc)
  • Sistema operacional baseado em Unix / Linux (testado em Linux, BSD variantes, e Solaris variantes)
  • Até o exato momento não se tem suporte para Windows
  • Sem restrições de acesso ao servidor MySQL (acesso root recomendado para MySQL <5.0)
Atenção

É de extrema importância que o usuário entenda completamente cada mudança que fará no servidor de banco de dados MySQL. Se não entender partes do script, ou se não entender as recomendações, deverá consultar um DBA experiente ou um administrador de sistema de sua confiança. Sempre efetue os testes das alterações em ambientes de teste, e tenha em mente que as melhorias em uma determinada área podem afetar negativamente o MySQL em outras áreas.

Verificações realizada pelo MySQLTuner

Todas as verificações feitas por MySQLTuner estão documentadas emMySQLTuner Internals

Download/Instalação

Você pode baixar todo o repositório usando ‘git clone’ seguido pela URL clonagem acima. O método mais simples e mais curto é:
wget http://mysqltuner.pl/ -O mysqltuner.pl wget https://raw.githubusercontent.com/major/MySQLTuner-perl/master/basic_passwords.txt -O basic_passwords.txt perl mysqltuner.pl

Claro, você pode adicionar o bit de execução (chmod + x mysqltuner.pl) para que você possa executá-lo sem chamar o perl diretamente.


Exemplos de utilização

Exemplo 1: Utilização mínima localmente
perl mysqltuner.pl

Exemplo 2: Utilização mínima remotamente

perl mysqltuner.pl –host targetDNS_IP –user admin_user –password admin_password

Exemplo 3: Ativar informações de saída máxima em torno de MySQL / MariaDB sem depuração

perl mysqltuner.pl –buffers –dbstat –idxstat

Exemplo 4: Escreve o resultado em um arquivo com a informação mostrada

perl mysqltuner.pl –outputfile /tmp/result_mysqltuner.txt

Exemplo 5: Escreve o resultado em um arquivo sem saída informações

perl mysqltuner.pl –silent –outputfile /tmp/result_mysqltuner.txt

Exemplo 6: Utilizando modelo de customização do arquivo de relatório baseado na sintaxe do Text:Templateperl

mysqltuner.pl –silent –reportfile /tmp/result_mysqltuner.txt –template=/tmp/mymodel.tmpl

Exemplo 7: Ativar informações de depuração

perl mysqltuner.pl –debug
Comentários