Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Linux Foundation responde as acusações em torno de mudanças no estatuto!

A Linux Foundation fez algumas alterações em seu estatuto social, e agitou toda a comunidade Linux. A organização emitiu uma declaração para responder às preocupações.
As modificações feitas pela Linux Foundation foram sublinhadas por Matthew Garrett, em um artigo que também tocou em possíveis motivos para as mudanças. Ele citou Karen Sandler, quem é da Diretoria Executiva do Software Freedom Conservancy. Mas o que ele diz ao respeito dela é puro achômetro, então resolvemos não tomar isso como parte do artigo.

Linux Foundation responde as acusações em torno de mudanças no estatuto!

Porém, foi justamente esses “achismos” que fez com que Jim Zemlin, diretor executivo da Linux Foundation, escrever uma resposta ao artigo de Matthew Garrett e suas acusações. Mas, o artigo já tem um bom tempo, mas somente agora a Linux Foundation resolveu falar algo sobre o assunto.

Sem apontar o dedo para o Mathew Garret, Jim Zemlin disse que este ataque foi injustificado e que as pessoas que participam de conversas em mídia social realmente devem responder a este tipo de comportamento.


“O que não é saudável é o tipo de ‘flame wars’ (discussões ondem pessoas iniciam, mas no final o foco sai do fator e passa a ataques pessoais afima de derrubar o outro) que muitas vezes entram em erupção em comunidades de desenvolvedores. Infelizmente, parece que está ocorrendo isso agora, e que a conversa relacionada com uma mudança de governança se tem desconcentrado em observações pessoais, inapropriadas e ofensivas contra alguns membros da nossa comunidade… nunca apoiei e nunca irei tolerar, este tipo de comportamento,” disse Jim Zemlin.

Para quem não esta por dentro, a Linux Foundation foi acusada de ter removido a opção dos membros pagantes individuais de eleger os membros da Comunidade. Enquanto as discussões sobre os motivos são vagas, a discussão sobre as mudanças estão indo de vento em poupa e com direito a espetadas a cada instante.
Linux Foundation responde as acusações em torno de mudanças no estatuto!

Apesar de ser um discussão calorosa e muito inflamada, Jim Zemlin realmente não fornece nenhuma resposta plausível. Ele disse que o atual Larry Augustin e Bdale Garbee que fazem parte da diretoria geral foram mantidos e que os desenvolvedores do Kernel vão poder continuar votando.

O problema é uma frase usada de forma particular, que afirma que “O Conselho também pode optar por adicionar indivíduos adicionais das comunidades crescente que agora servimos.”
Se lermos nas entrelinhas, podemos deduzir que não há nenhuma garantia de que a futura administração será da Comunidade, o que nos leva de volta para o debate iniciado por Mathew Garret. Até agora nenhuma resposta a comunidade, somente réplicas ao que o Mathew diz.
[ads-post]
Comentários