Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Linux tem vírus? Será?

Linux tem vírus? Precisa de antivírus?

Outro mito de segurança de computadores é o de que os vírus não atacam computadores GNU/Linux. Embora uma quantidade menor de vírus tenha sido criada para atacar sistemas GNU/Linux do que sistemas Windows, os vírus para GNU/Linux existem. Ameaças aos sistemas GNU/Linux também se apresentam em outras formas de Malware, tais como cavalos de Tróia, rootkits e spyware.

O número de ataques contra sistemas GNU/Linux tem aumentado constantemente. Uma razão para isto é simplesmente que o número de usuários mudando para sistemas operacionais GNU/Linux está aumentando. Como estes sistemas operacionais têm adotado o conceito de interface gráfica com o usuário (GUI), o GNU/Linux tem se tornado uma substituição ao Windows mais fácil de usar e mais barata.

Outra razão para o aumento nos ataques contra sistemas GNU/Linux é o fato de mais ataques terem motivação financeira. Os hackers não se importam mais com qual tipo de sistema operacional seu alvo está executando eles simplesmente desejam os dados mais preciosos que estão armazenados no computador. Se o computador-alvo executar o Windows, eles utilizam explorações Windows. Para computadores executando GNU/Linux, eles atacam um conjunto totalmente diferente de vulnerabilidades.

Novas vulnerabilidades sempre estão sendo descobertas. Você precisa tornar uma prioridade manter-se informado e tomar as ações apropriadas para manter a segurança do seu computador. No entanto, se você usa o Wine, existem alguns vírus que podem sim infectar o seu computador com Linux, no entanto, sem afetar a raiz do sistema, contaminando apenas o Wine e aplicações Windows, ou como o Wanna Cry, apenas criptografa a /home e mais nada, então, se realmente for usar o Wine no Linux, e se quer ficar livre de vírus, não esqueça, instale um antivírus.

Comentários