Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Mozilla lança Firefox 47 e anuncia grandes mudanças para o Firefox 48

No dia 7 de Junho a Mozilla lançou o Firefox 47 com melhor comportamento para streaming, vídeo HTML5 e o codec VP9. Mas a notícia mais interessante é que o Firefox 48 já atingiu a fase beta. O Firefox 48 incorpora o muito aguardado Electrolysis (E10S), que permite que a interface do usuário seja executada em um processo separado do conteúdo com guias.

 

O electrolysis irá melhorar o desempenho e a segurança do Firefox e também, quebrar um monte de extensões. No entanto, o Firefox será palco do lançamento para minimizar o problema. Em um post de blog, Asa Dotzler escreveu:

Quando lançarmos o Firefox 48, cerca de 1 por cento dos usuários do Firefox elegíveis serão atualizados para E10S imediatamente. O 1 por cento dos usuários na atualização deve nos levar até uma população semelhante à que temos no Beta assim poderemos comparar os dois. Cerca de dez dias após o lançamento, nós vamos realizar mais uma rodada de feedback e análise relacionados com os usuários de atualizações com e sem E10S. Assumindo que tudo está bem, vamos girar os botões para que o resto dos usuários elegíveis do Firefox sejam atualizados para E10S longo nas semanas seguintes. Se nos deparamos com problemas, podemos retardar o roll-out, pausá-lo, ou até mesmo desativar E10S para aqueles que tenham atualizado. Nós temos todos os botões.

Dotzler diz:

E10S é a maior mudança que já fizemos para o Firefox e nós esperamos que você nos ajude a passar por isso com tão poucas surpresas quanto possível.

Com electrolysis, o Firefox pode usar processos filhos para conteúdo (separadores), reprodução de mídia e plug-ins legados. Isto é de alguma forma menos do que o Google Chrome, que utiliza um processo diferente para cada guia. No entanto, o resultado é que o Chrome é um enorme devorador de recursos: Chrome utiliza cerca de duas vezes mais memória que o Firefox no Windows e Linux.

Eric Rahm tem de executar alguns testes de navegador com electolysis, e diz:

No geral, vemos um aumento de 10-20 por cento no uso de memória para o caso do conteúdo de 1 processo (que é o que nós planejamos no transporte inicialmente). Esta parece ser uma compensação justa para os potenciais benefícios de segurança e desempenho.

Com o conteúdo de 8 processos, Rahm diz:

Nós vemos aproximadamente uma duplicação do uso de memória na medição TabsOpenSettled. É um pouco pior no Windows, um pouco melhor no OS X, mas não é 8 vezes pior.

Infelizmente, o electrolysis quebra um monte de implementos, que anteriormente podiam assumir que a interface do usuário e o conteúdo web estavam utilizando o mesmo espaço de memória. Mais tarde, o Firefox irá obter uma WebExtensions API, que a Mozilla diz que é “semelhante a extensão Blink API” que o Chrome usa.

Programadores e usuários são encorajados a relatar os problemas na página “are we e10s yet” (link no final do artigo).

No momento, 153 extensões são compatíveis, 84 tem compatibilidade para funcionar, 108 estão quebradas e 535 não foram testadas. As extensões compatíveis incluem Adblock Plus, Video DownloadHelper, Firebug, Greasemonkey, Tab Mix Plus e uBlock Origin. Entretanto, algumas grandes extensões tem relatado erros, incluindo NoScript, Ghostery, DownThemAll, Web of Trust, Session Manager e o Flash Video Downloader.

Sete das 12 extensões mais populares tem problemas. É provável que isto seja uma quebra de acordo para muitos usuários.

Firefox 48 está agendado para lançamento em 2 de Agosto, por isso os fornecedores de extensão tem uma quantidade limitada de tempo para corrigir problemas.

[ads-post]
Are we E10S yet?          Fonte
Comentários