Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Faça impressão 3D de armas de fogo e seja preso(a)! Diz governo de New South Wales!

Os Moradores de New South Wales (Nova Gales do Sul) na Austrália que forem encontrados com posse de armas de fogo impressos em 3D podem ser presos por mais de uma década.
O governo NSW alterou o Firearms Act de 1996 e a Lei de Proibição das Armas de 1998, na semana passada, a emissão de vários aditamentos sob a Proibição de Armas Armas, que inclui a criação do novo delito referente a armas impressas em 3D.
Nos termos, agora é considerado uma ofensa possuir projetos digitais de armas de fogo impressos em 3D ou fresadoras eletrônicas. O novo delito acarreta uma pena máxima de 14 anos de prisão.
Possuir ou usar uma arma impressa 3D já é ilegal de acordo com a legislação em vigor e é tratada da mesma forma que uma arma de fogo convencional. De acordo com o Bill, os isentos, são os autorizados para o fabrico da arma proibida  através de uma licença, ou aqueles que sejam agentes da polícia atuando no curso normal das suas funções.
Também foi relatado pela publicação no site australiano huffingtonpost, pelo professor de criminologia da Universidade Nacional Australiana Roderic Broadhurst, ele disse que os recentes avanços na qualidade e reduções no preço da tecnologia de impressão 3D fazem tais leis vitais.

“A grande história foi que em 2013 era uma arma de plástico que poderia disparar uma bala, mas eles hoje podem ser feitos de metal agora”, disse Broadhurst.

Atualmente, é possível imprimir com filamentos a base de madeira, cerâmica, PLA (base milho), há um artigo sobre isso. No Brasil já está à venda, via no site de Filamentos 3D Brasil.
Na época, a criação teria sido testada e 200 cartuchos foram disparados com sucesso através de um dispositivo impresso em 3D sem quaisquer sinais de mau funcionamento ou complicações. Se essa moda pega no Brasil, imagina, o uso de policarbonato em armas serão indetectáveis em sensores de metais, a não ser no raio X e se usarem balas de borracha, pior ainda.
Confira o vídeo abaixo:
[youtube src=”R2L3QP5qVgo”/]
[ads-post]
Comentários