Canonical libera patches de segurança para o Ubuntu!

As vulnerabilidades do kernel, listados abaixo, podem afetar os usuários do Ubuntu 16.04 LTS (Xenial Xerus), o Ubuntu 14.04 LTS (Trusty Tahr) e Ubuntu 12.04 LTS (Precise Pangolin), incluindo também as distribuições baseadas no Ubuntu como o Kubuntu, Xubuntu, Lubuntu, Edubuntu, Ubuntu MATE, Ubuntu GNOME e Mythbuntu.
A primeira falha de segurança é um o “integer overflow” descoberto por Ben Hawkes na implementação netfilter do kernel Linux. Afetando apenas os sistemas de 32 bits do Ubuntu 16.04 LTS e Ubuntu 12.04 LTS, a vulnerabilidade poderia permitir que um invasor, sem privilégios, pudesse executar um código aleatório como root.
A segunda falha de segurança afeta todos os sistemas operacionais Ubuntu e derivados. Uma implementação no kernel Linux envolvendo a inicialização do sistema, poderia permitir que um invasor travasse o sistema ou causar um ataque de negação de serviço (DoS).
A terceira vulnerabilidade do kernel foi descoberta no per-CPU do kernel Linux pelo renomado desenvolvedor do Sasha Levin. A vulnerabilidade poderia ser usada por um invasor para executar códigos com privilégios administrativos (como root) ou travar o sistema. Isso afeta apenas Ubuntu 16.04 LTS e Ubuntu 12.04 LTS.
A última falha de segurança afeta todos os sistemas operacionais Ubuntu e derivados, e é referente a um vazamento de informações descoberto por Kangjie Lu na implementação netlink do kernel Linux. Esta vulnerabilidade poderia permitir que um invasor obtivesse informações confidenciais da memória do kernel.

Canonical libera patches de segurança para o Ubuntu!



Por favor, atualize seu Ubuntu agora!
Utilizando os comandos abaixo, no Terminal, você poderá realizar a atualização do seu sistema sem qualquer preocupação:
[code type=”Atualize os repositórios”]$ sudo apt-get update[/code]
[code type=”Atualize os pacotes instalados”]$ sudo apt-get upgrade[/code]
[code type=”Remova os pacotes mais antigos”]$ sudo apt-get autoclean[/code]
[code type=”Remova os pacotes que não são mais requiridos pelo sistema”]$ sudo apt-get autoremove[/code]
Feito isso, reinicie seu computador e use o seu sistema normalmente.

[ads-post]

Comentários