Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Aprenda Programação com Python – Parte 4

Em nosso último encontro começamos a falar de funções e de como a programação podem nos ajudar no dia a dia. Com python tudo fica mais fácil. Hoje vamos falar um pouco mais sobre funções, listas e um pouco sobre o estilo de python. Se você chegou agora clique nos links abaixo para não ficar perdido.

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

Resolvendo o problema anterior
Eu realmente espero que você saiba como solucionar uma equação do segundo grau.
Caso não saiba…

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

Bom o post é sobre programação, não matemática. Estou utilizando matemática para que entenda como funciona.

De volta a nossa equação. Para que possamos resolve-la precisamos conhecer os termos a, b e c, e em seguida realizar os cálculos necessários.

Portanto:

#!/usr/bin/python
#Esta função resolve uma equação de segundo grau
def equacao_do_segundo_grau():
 a=float(input(‘Entre com o termo a: ‘))
 b=float(input(‘Entre com o termo b: ‘))
 c=float(input(‘Entre com o termo c: ‘))
 x1=(-b+(b**2-4*a*c)**(1/2))/2*a
 x2=(-b-(b**2-4*a*c)**(1/2))/2*a
 print(“As raízes da Equação são:”, x1, ” e ” x2)
equacao_do_segundo_grau()

Funções com argumentos


Simples e funcional. Mas nem sempre você precisa desse texto todo. Afinal a função é sua. Você já sabe o que ela faz. As vezes só precisa entrar um valor e receber outro(ou outros). Para isso. Vamos utilizar argumentos.

#!/usr/bin/python
#Esta função resolve uma equação de segundo grau
def eq2grau(a,b,c):
 x1=(-b+(b^2-4*a*c)^1/2)/2*a
 x2=(-b-(b^2-4*a*c)^1/2)/2*a
 return (x1,x2)
# a palavra return indica os valores que a função irá retornar pode ser um ou mais
#como temos dois valores de retorno vamos utilizar duas variáveis para receber o resultado. Coloque os valores de a,b e c diretamente na função
(x1,x2)=eq2grau(1,3,2)

Acho que você entendeu que é possível declarar várias variáveis de uma vez.
Outro exemplo

(n1,n2,n3, n4)=(2,4,5,6)

Vamos fazer diferente?

Vamos fazer outra chamada da nossa função eq2grau:

raizes=eq2grau(1,3,2)
raizes
(-1.0, -2.0)
raizes[0] #nessa linha o indice 0 refere-se ao primeiro valor da tupla
-1.0 
raizes[1]
-2.0 
type(raizes)
<class ‘tuple’>

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

Apresentando um novo tipo : a tupla!

A tupla é um conjunto de valores que são identificados por um índice. Não se apavore! Pense em um arquivo, desses de metal com gavetas. Dentro desse arquivo tem pastas, cada uma com um número, esse número é seu índice. Assim é fácil localizar um conteúdo desse arquivo.
Tuplas podem conter diversos valores de um mesmo tipo, ou de tipos diferentes. Se você prestar atenção nos exemplos vai ver algumas utilidades para elas, ao invés de utilizar um monte de variáveis para entrar vários dados. Os índices da tupla começam em 0 e crescem de 1 em 1. Tuplas são imutáveis, ou seja. Uma vez criadas, tuplas, são imutáveis. Você pode declarar uma tupla utilizando parenteses, ou não. Mas parenteses facilitam o entendimento

numeros=1,2,5,6,9
dados=(“Nome Cliente”,3,”Altura”,”e-mail”)
#repare que utilizei tipos diferentes em uma mesma tupla

Listas

De forma semelhante as tuplas, as listas são um tipo python utilizado para listas indexadas, mas podem ser alteradas. Se você já estudou outra linguagem de programação vai achar as listas semelhantes a arrays, mas diferente desses elas podem ter vários tipos. Para declarar uma lista utilize colchetes:

frutas=[“banana”,”maçã”,”mamão”]
frutas[1]
maçã
dados=[“José Silva”,1,1.83,”[email protected]”]

Assim como os strings as tuplas e listas merecem algumas aulas para aprofundamento.
Bom, acho que já vimos bastante coisa por hoje. Semana que vem tem mais. Abraços
Comentários