Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Como instalar o Kernel Linux 4.8.5 no Ubuntu, Debian, Fedora, openSUSE e derivados!

Como instalar o Kernel Linux 4.8.5 no Ubuntu, Debian, Fedora, openSUSE e derivados!

O Kernel Linux 4.8 foi atualizado, e nós fizemos uma postagem anunciando sobre este lançamento. Na postagem sobre o lançamento do Linux Kernel 4.8.5 nós destacamos as novidades e melhorias, então nada mais justo que mostrar como instalar nas mais variadas distribuições, isso mesmo, com os métodos abaixo você pode instalar no Ubuntu, Debian, Fedora, openSUSE e derivados!


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Existem dois métodos, o primeiro é para distribuições baseadas no Ubuntu, Linux Mint, que seguem por suas derivações. Vamos utilizar um script shell que vai baixar os pacotes .deb que são compilados pela Canonical, em seguida instalar e por último o seu computador será automaticamente reiniciado.

Na segunda forma, vamos instalar manualmente através do pacote fonte disponibilizado pelo Linus Torvalds, através do kernel.org. Queremos deixar claro que não nos responsabilizamos por qualquer erro.

Se você é desenvolvedor e quer conferir o log de mudanças você pode visualizar clicando aqui. 

Para instalar o Kernel padrão selecione o código abaixo e cole no terminal:
cd /tmp
wget https://goo.gl/dCJv66 -O kernel-4.8.5-generic
chmod +x kernel-4.8.5-generic
sudo sh kernel-4.8.5-generic
sudo update-grub
sudo reboot

Para instalar o Kernel de baixa latência, você deve o colar o script abaixo:
cd /tmp
wget https://goo.gl/zHKwCO -O kernel-4.8.5-lowlatency
chmod +x kernel-4.8.5-lowlatency
sudo sh kernel-4.8.5-lowlatency
sudo update-grub
sudo reboot

Não sabe o que é um kernel de baixa latência? Então leia o nosso artigo.
Para ver as alterações feitas pela Canonical, por favor consulte este link.
Agora vou mostrar como instalar o kernel diretamente do código fornecido pelo Linus, lembrando que esta instalação é manual, e alguns módulos podem não estar presentes, nesse caso você terá que instalar manualmente, isso não ocorre com frequência, mas se você tem um computador um pouco mais antigo e estiver executando alguma distribuição baseada no Debian, sugerimos que faça a instalação através dos pacotes da Canonical, que contém alguns ajustes importantes. Digamos, que este kernel seja o puro, cru, ou como queira chamar.

Vamos baixar a versão 4.8.5 do Linux Kernel, o download será feito diretamente do kernel.org:
wget https://cdn.kernel.org/pub/linux/kernel/v4.x/linux-4.8.5.tar.xz

Agora vamos instalar os compiladores para o kernel, de acordo com a sua distribuição. Abaixo vamos mostrar como fazer o processo no Fedora e suas derivações e também no openSUSE e suas derivações, o nome dos pacotes são os mesmos para qualquer distribuição, então caso a sua não esteja nos exemplos abaixo, use o gerenciador de pacotes da sua distribuição e pronto, os pacotes serão instalados. Os outros comandos que vem a seguir são padrões do Linux e não dependem daquela ou desta distribuição, vai funcionar em qualquer uma, mãos à obra:

No Fedora:
yum install gcc make ctags ncurses-devel -y

Se for openSUSE execute:

zypper in gcc make ctags ncurses-devel

Descompacte o arquivos:

tar -xvf linux-4.8.5.tar.xz


Acesse o seu diretório:

cd linux-4.8.5


Copie o seu config para esse diretório:

cp /boot/config-`uname -r`* .config

E vamos ao processo de compilar, isso pode demorar um pouco e esse tempo vai de acordo com o seu processador e memória, o tempo mais longo que observamos foi de aproximadamente 20 minutos.
make defconfig
make
make modules_install install

Atualize o seu GRUB:

grub2-mkconfig -o /boot/grub2/grub.cfg

E reinicie a distribuição:

reboot


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Comentários