Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Ubuntu: além do Desktop – Parte 2 – Prática: Ubuntu Core Snappy, como instalar o Ubuntu Core!

O coração da nova arquitetura computacional aderente à computação em nuvem e à internet das coisas é o Ubuntu Core Snappy. A proposta do Ubuntu Core Snappy é ser um sistema mínimo capaz de rodar nos mais diversos dispositivos, físicos ou virtuais.
Podemos pensar nele como uma nova distribuição Linux embarcada, mas com o diferencial de implementar não só um SO capaz de fazer funcionar pequenos dispositivos, como também permitir integrá-los numa plataforma única, de fácil gestão e segura.
Em seguida, vamos dar um exemplo de como instalar o Snappy numa máquina virtual.
Deixamos para os leitores o estímulo para que o instalem em outros dispositivos.
  • [message]
    • Artigo atualizado
      • Este artigo foi atualizado para instrução de instalação da versão 16 do Ubuntu Core, as imagens e texto permanecem iguais ao artigo anterior.

1 – Instalando o Ubuntu Core

1.1 – Instalar o KVM

[sudo apt-get install qemu-kvm]

Após a instalação, verificar se o computador está preparado para executar virtualização
kvm-ok
O resultado deverá ser
INFO: /dev/kvm exists
KVM acceleration can be used

1.2 – Baixar o Ubuntu Core

[wget http://releases.ubuntu.com/ubuntu-core/16/ubuntu-core-16-amd64.img.xz]

Ubuntu: além do Desktop – Parte 2 – Prática: Ubuntu Core Snappy, como instalar o Ubuntu Core!

1.3 – Descomprimir o arquivo

[unxz ubuntu-core-16-amd64.img.xz]

Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!

1.4 – Iniciar o Ubuntu Core

[kvm -m 512 -redir :8090::80 -redir :8022::22 ubuntu-16-snappy-amd64-generic.img]

Uma janela será aberta mostrando a inicialização da máquina virtual Ubuntu Core.
Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!
O usuário é ubuntu e a senha ubuntu.
É possível acessar essa máquina por ssh, em outro terminal, através da porta 8022
Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!

2 – Usando o Ubuntu Core

2.1 – Checando a versão do Ubuntu Core

[snappy info]

Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!

2.2 – Listando os componentes instalados

[snappy list -v]

Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!
O asterisco indica a versão ativa do componente

2.3 – Checando atualizações para os componentes instalados

[snappy list -uv]

Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!
No exemplo, não existem novas versões dos componentes instalados

2.4 – Consultando componentes disponíveis para instalação

[snappy search]

Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!
No próximo passo, iremos instalar o pacote system-status

2.5 – Instalando componentes

[sudo snappy install system-status]

Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!
… e consultando de novo os pacotes instalados:
Agora é vez do Ubuntu Core Snappy, saiba como instalar o Ubuntu Core! Se você já espera pelo Ubuntu Core e quer experimentar, chegou a hora!
Fico devendo a execução deste pacote instalado


Veja mais:

Referências:

Colaboração para a nossa comunidade pelo Gustavo Loureiro.

Sobre o autor:
Bacharel em Ciência da Computação pela UFRJ
Trabalhou como programador e analista de sistemas em empresas do setor bancário, telecomunicações e serviços por vinte anos, em mainframes IBM.
Trabalha atualmente na área de TI do Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Rio de Janeiro, é técnico de computadores e redes domésticas e adepto incondicional do Linux.
Comentários