Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Pocket – A Primeira Aquisição da Mozilla

Em 27 de fevereiro, a Mozilla anunciou que adquiriu a empresa Read It Later Inc, que é mais conhecida por sua tecnologia Pocket que permite aos usuários salvar, compartilhar e descobrir links online.

“Nós não podemos divulgar detalhes deste negócio devido a razões de confidencialidade. Todos os membros da equipe do Pocket estão se juntando à Mozilla“, disse Denelle Dixon-Thayer, Diretora Jurídica e de Negócios da Mozilla, ao site eWEEK.

Ela observou que nenhuma mudança no roteiro de desenvolvimento está atualmente planejada. A Read It Later afirma que tem mais de 10 milhões de usuários ativos registrados mensalmente que usam o serviço Pocket.

Características do Pocket

O serviço Pocket é praticamente um estranho para a Mozilla que tem sido disponibilizado como um plugin para o Firefox desde 2007. O plugin foi originalmente conhecido pelo nome da empresa Read It Later, com uma mudança de nome em abril de 2012 para o serviço Pocket. Em junho de 2015, o Pocket foi diretamente integrado ao navegador Firefox.
A ideia básica por trás do Pocket é exatamente como o nome da empresa implica Read It Later (Leia mais tarde), que é um serviço que permite aos usuários salvar links para lê-los depois. Em alguns aspectos, o Pocket é semelhante a outros serviços de compartilhamento on-line que estiveram na internet. Entre as abordagens mais notáveis ​​está o Delicious, que foi adquirido pelo Yahoo em 2005, e depois vendido para os fundadores do YouTube – Chad Hurley e Steve Chen em 2011. Delicious foi revendido várias vezes desde 2011 e atualmente é propriedade da DomainerSuite.
Com aquisição da Read It Later e Pocket, é a primeira vez que a Mozilla toma uma decisão de adquirir uma empresa, ao invés de simplesmente construir uma tecnologia por conta própria.

“Acreditamos que podemos aumentar nosso impacto e promover nossa missão através da construção de novos produtos próprios, através de parcerias com outras empresas ou comprar produtos, e esta aquisição combina todos os três”, disse Dixon-Thayer.

A Mozilla é uma organização Open Source, que constrói aplicações sob código aberto usando um modelo livre de colaboração. O Pocket hoje é construído com código proprietário, embora a proposta seja mudar no futuro.

“O plano é abrir o código para torná-lo parte do Projeto Mozilla open source”, citou ainda Dixon-Thayer.

Comentários