Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Huawei adota o SUSE Linux Enterprise Server

Huawei troca o Microsoft Windows Server Pelo SUSE Linux Enterprise Server

A Huawei resolve adotar o SUSE Linux Enterprise Server ao invés do Windows Server. A boa novidade bem ganhando o mundo, sabemos que a Huawei vem ganhando espaço no mercado, não só de smartphones, mas de outros dispositivos. A chinesa Huawei é atualmente membro da Linux Foundation e os seus interesses por lá é justamente o Linux Kernel e claro, o Android.

Huawei adota o SUSE Linux Enterprise Server

Há algum tempo foi anunciado que a Huawei usava o Red Hat e o Windows Server como seus servidores, mas agora ela resolveu mudar de vez e adotar o SUSE Linux Enterprise Server, e certamente isso deve ter mexido um pouco com a Microsoft.

Com base no Service Pack 2 do SUSE Linux Enterprise Server 12, o sistema operacional suporta os recursos exclusivos de confiabilidade, disponibilidade e facilidade de manutenção (RAS 2.0) do servidor KunLun Mission Critical da Huawei.

Os recursos do RAS 2.0 permitem aos clientes adicionar ou remover recursos de CPU e memória sem desligar o sistema. Esses recursos se combinam para tornar o KunLun ‘Sempre Online’. O SUSE Linux Enterprise Server oferece suporte amplo para cargas de trabalho de missão crítica, como bancos de dados e middleware.

O Huawei KunLun Mission Critical Server é ideal para transportar serviços de missão crítica de empresas e oferece continuidade de negócios 24 horas por dia, 7 dias por semana, minimizando a perda de serviço que resultaria em um crash do sistema. Aproveitando as inovadoras tecnologias RAS 2.0 da Huawei, o KunLun suporta CPU e memória hot swap e ultrapassou servidores UNIX por alguns indicadores de confiabilidade. Como pioneira na vanguarda da indústria de software de código aberto, a SUSE desenvolveu uma riqueza de know-how ligada a tecnologia do kernel e também uma prática de implementação de tecnologia empresarial na comunidade de código aberto Linux.

Anúncio Oficial

Comentários