Feira de Software Livre e Código Aberto

OpenExpo 2017 – As Novidades Open Source

Uma feira com tendências de código aberto e software livre na industria

A contagem regressiva para celebrar o evento que vai abrir a fonte mais importante já começou. Será na quinta-feira 1 de Junho, onde a OpenExpo 2017 hospeda mais de 3.000 profissionais, incluindo empresas à procura de oportunidades de negócios.

Essa será a quarta edição da conferência anual que ao longo dos anos cresceu e se tornou o benchmark da indústria. Um evento organizado por e para os amantes de tecnologias abertas na chave profissional, onde as últimas tendências em Open Source e Software Livre são descobertas.

Entre as entradas mais notáveis ​​este ano estão Chema Alonso, Diretor de dados da Telefônica e Pau Garcia-Milà, fundador do EyeOS projeto de software livre, bem como representantes de empresas como a Telefônica, Repsol, Uber, Liberty Seguros, BBVA, PcComponentes, Accenture Digital, a Anistia Internacional da Espanha e muitos mais, incluindo oradores nacionais e internacionais que iram entregar mais de 200 sessões em 11 de conferências no evento.

Com o variado elenco de grandes empresas, como esperado, será demonstrado todo o espectro temático da indústria: a Internet das Coisas, Cidades Inteligentes, Big Data, Open Data, Cyber ​​Security, Robótica, CRM, CMS, e-Learning… Além disso, não perca nenhuma das grandes empresas desses mercados como Red Hat, Arsys, OVH, IRONTEC, Exevi, OTRS, Carto, Magnolia, Hopla! Software, Docker, WhiteBearSolutions, Sistemas Bacula, Ackstorm, Google Cloud, mdtel, Hays, Zextras, a ESRI, BBVA, Microsoft, serão mais de 200 empresas participantes.

Em destaque na OpenExpo 2017

Podemos destacar a Women at Technology, a primeira na Espanha que estuda o papel das mulheres no mundo profissional, Universia e Womenalia (Universidades da Espanha), organizaram um fórum de discussão sobre os bastidores do evento que visa foco em mulheres e dedicação para conter disciplinas.

O fórum irá envolver as líderes da indústria representando empresas como Accenture, Banco Santander e Oracle.

Open Talks é outro espaço onde os visitantes podem desfrutar de mesas redondas para discutir o futuro do Open Source, modernização da administração através das TIC, Blockchain… entre muitos outros temas.

Novidades da edição

Nesta edição os visitantes também vão se divertir com as áreas totalmente interativas como o Open Lab, Open Experience e Virtual Experience, onde haverá espaço para a interação do público com tecnologias de ponta, sem dúvida, uma das maiores da Feira: robôs, realidade virtual, hologramas, drones…

No espaço Open Talent será realizada ao vivo um bate papo para pessoas no nível júnior acompanhados por mentores para trabalhar em 2 projetos: O Ginger Code, onde os participantes irão contribuir por repositórios de exercícios e soluções, Ginger e Oswaldito onde podem fazer melhorias e hacks, fazer um ambiente de audição passiva com reconhecimento de voz, ir jogando gifs aleatórios em torno da tela usando o giphy API.

A OpenExpo este ano está comprometida com a integração da indústria automotiva em seus participantes do programa irão desfrutar de carros de corridas virtuais da Fórmula E por meio de simuladores.

“O código aberto é tendência entre as empresas, é um fator chave na transformação digital das empresas em todas as áreas”, diz Philippe Lardy, CEO da OpenExpo.

Fonte Fonte Convites

Comentários