Lançado o Lumina Desktop 1.3

Conheça o Lumina, um ambiente escrito em Qt!

A equipe do Lumina Desktop lançou a versão mais recente de seu ambiente desktop, o Lumina Desktop 1.3, ele é escrito em Qt e não é baseado no KDE, e o foco deles é ter um ambiente leve, simples. Neste lançamento do Lumina Desktop 1.3 muitos ajustes foram feitos, claro, além de melhorias no desempenho, também foram feitos ajustes visuais que prometer deixar o ambiente mais bonito e mais agradável.

O Lumina foi escrito a partir do zero em C ++/Qt5 e não é baseado em nenhuma base de código de desktop existente e não usa nenhuma estrutura de desktop baseada em Linux (ConsoleKit, PolicyKit, D-Bus, systemd, etc.). Isso permite que a Lumina® obtenha informações do sistema de forma rápida e eficiente, garantindo estabilidade e confiabilidade na área de trabalho.

 

O que há de novo no Lumina Desktop 1.3 ?

O Lumina Desktop ficou conhecido por ser usado como padrão no TrueOS, e que acabou caindo no gosto de muita gente, em especial daqueles que não gostaram muito do KDE Plasma, ou que acharam o KDE em sua versão 4 pesado. O Lumina Desktop 1.3 faz uma ponte, pois ele lembra um pouco o visual do KDE, e as vezes acaba agradando a gregos e troianos.

Antes muita gente reclamava do atraso para abrir o gerenciador de arquivos, no Lumina é usado o Insight que foi quase que redesenhado, ele recebeu correções de desempenho e claro, visuais também. Houveram ajustes de na árvore de diretórios que promete deixar tudo mais organizado e agora, há uma nova aplicação que promete ajudar os usuários a criar atalhos e outras configurações básicas do usuário. E todas aquelas personalizações extras que você consegue fazer no KDE, você vai conseguir fazer também no Lumina Desktop 1.3.

Novidades como o Lumina Media Player que é uma interface Qt QMediaPlayer que suporta vários formatos de áudio, além do .ogg, mp3, mp4, flac e wmv e se o usuário quiser aumentar ainda mais a gama de formatos suportados, basta instalar o Gstreamer-plugins que é de fácil localização, basta ir no menu do aplicativo, depois em aplicações e depois em utilitários.

Já na área de trabalho agora é possível fazer ajustes nas pastas diretamente da área de trabalho, ajustes do cache e carregamento de ícones foi melhorado, muitos ajustes foram feitos, muitos mesmos, e você pode conferir tudo no site do projeto, lá você encontra todos os detalhes, desde as mudanças mais simples, até as mais técnicas.

Lançamento do Lumina Desktop 1.3.0

Comentários