SUSE apresenta solução que facilita o gerenciamento do OpenStack

Com base no código aberto do projeto Monasca, o SUSE OpenStack Cloud Monitoring torna as nuvens privadas mais confiáveis, fáceis de gerenciar e ainda mais rentáveis.

A SUSE, pioneira em soluções open source, acaba de apresentar ao mercado o SUSE OpenStack Cloud Monitoring, uma solução que facilita o monitoramento e gerenciamento do desempenho de ambientes OpenStack Cloud. Com base no código aberto do projeto Monasca, o lançamento facilitará a análise do desempenho de nuvens privadas complexas, conferindo maior confiabilidade, desempenho e altos níveis de serviço para nuvens OpenStack, além de reduzir custos, simplificar e automatizar a pré-configuração do monitoramento e gerenciamento da nuvem.

“As implantações do OpenStack produzem dados muito úteis de monitoramento e registros complexos”, destaca Michael Miller, presidente de Estratégias, Alianças e Marketing da SUSE. “À medida que os clientes mudam para a produção em grande escala, precisam de ferramentas operacionais para manter sua nuvem privada. O projeto de código aberto Monasca torna esses dados gerenciáveis e valiosos para usuários corporativos. Temos trabalhado em estreita colaboração com a Fujitsu e outros colaboradores para trazer esta capacidade ao SUSE OpenStack Cloud,” explica o executivo.

Para Katsue Tanaka, vice-presidente da Fujitsu e chefe da Unidade de Plataformas de Software de Negócios, o trabalho conjunto entre os engenheiros da Fujitsu, SUSE e da comunidade OpenStack no projeto Monasca possibilitou a criação de uma solução que fornece meios para coletar, armazenar, exibir e analisar o monitoramento e o registro de dados de um sistema OpenStack. “A nova solução é fruto da nossa estreita colaboração e reflete nosso forte compromisso de continuar trazendo soluções de código abertos prontos para o mercado”, pontua Tanaka.

“A capacidade de monitoramento como serviço disponível no SUSE Openstack Cloud permite mais gestão e controle da capacidade da infraestrutura em uma nuvem privada Openstack, os registros de métricas de recursos e registros dos serviços em produção, garantem maior controle da infraestrutura e das instâncias em execução no ambiente, logo um menor tempo de resposta do time de TI para eventos” por Aslan Carlos, Engenheiro de vendas da SUSE Brasil.

Recursos do SUSE OpenStach Cloud Monitoring

Os principais recursos do SUSE OpenStack Cloud Monitoring incluem:

  • Um único e poderoso painel para gerenciar, rastrear, monitorar e otimizar complexos ambientes de nuvem privada OpenStack;
  • Capacidade de identificar problemas no início do processamento de eventos complexos OpenStack, registros e métricas, pesquisa gráfica avançada e análise de dados históricos usando o painel de controle.
  • Uma solução de código aberto que reduz os custos e aumenta a flexibilidade, evitando o risco de lock-in do fornecedor, muitas vezes associado a soluções proprietárias.

Para obter mais informações sobre o SUSE OpenStack Cloud Monitoring, acesse:

SUSE Cloud

Sobre a SUSE

A SUSE, pioneira em software de open source, fornece soluções confiáveis e interoperáveis de Linux, infraestrutura de nuvem e armazenamento que dão às empresas maior controle e flexibilidade. Com mais de 20 anos de excelência em engenharia, um serviço excepcional e um ecossistema de parceiros sem igual, a SUSE fornece produtos e suporte que ajudam os clientes a gerenciar a complexidade, reduzir custos e fornecer serviços essenciais com confiança. Os relacionamentos duradouros que a companhia construiu permitem adaptar e entregar a inovação mais inteligente que os clientes precisam para ter sucesso hoje e amanhã.

Para obter mais informações, visite o site da SUSE:

SUSE

Comentários