Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Corrigir erro Chipset SiS ao iniciar/instalar sistemas Linux

O problema ocorre em computadores fabricados no Brasil, especialmente os da Positivo!

Recentemente tive problemas com um notebook Positivo para instalar o Ubuntu, afinal de contas é uma máquina que já tem um tempo de uso e alguns erros aconteceram por conta das limitações do chipset. Alguns computadores como os da positivo ainda usam o Chipset SIS, claro, deve ter outros fabricantes e até usuários que tenham passado pelo mesmo problema, mas agora chegou a hora de corrigir o problema.

Corrigir erro Chipset SiS e outros ao iniciar/instalar sistemas!

O problema com distros Linux pode ocorrer tanto na instalação e também na inicialização, pois é, você instala uma distribuição Linux, que pode ser qualquer uma, como também você pode conseguir fazer a instalação da sua distribuição, e ao reiniciar o erro pode acontecer. Para resolver inseri alguns parâmetros antes do sistema iniciar, fui no menu grub pressionei “e” para editar e no arquivo apos o fim da linha:

...ro quiet splash $vt_handoff

Adicionei alguns comandos e ficou assim:

...ro quiet splash $vt_handoff apm=off pnpbios=off irqpoll

A solução acima é para iniciar a instalação, para que seja definitivo após a instalação você deve fazer o seguinte:

Dependo do sistema que você estiver usando, pode haver uma diferença no arquivo Grub, veja os dois exemplos abaixo. Edite o arquivo e insira as linhas abaixo:

sudo gedit /boot/grub/menu.lst
Se estiver usando o Grub 2 o arquivo é /etc/grub.d
## additional options to use with the default boot option, but not with the
## alternatives
## e.g. defoptions=vga=791 resume=/dev/hda5
# defoptions=quiet splash 
Add "noapic" em defoptions (não descomente a opção):
# defoptions=quiet splash pnpbios=off

Depois vamos atualizar o grub com o comando abaixo:

sudo update-grub

Essa foi a solução para minha máquina com Chipset SIS, entenda melhor como funciona:

apm=off acpi=off noapic nolapic nopcmcia noapci nosmp pnpbios=off nomce pci=nomsi Se quiser pode substituir o correspondente por algum destes aqui: (apm=power-off ou noapm) (pci=noacpi) (apci=off ou pci=noapci) (pci=biosirq) (irqpoll) (all-generic-ide)
  • PCI=NOMSI – quando a instalação não reconhecer HDs SATA
  • APM – Advanced Power Management: Esse comando de inicialização do x86 desativa o Gerenciador Avançado de Energia. É útil porque algumas BIOS têm erros no gerenciamento de energia e tendem a travar
  • ACPI – Advanced Configuration and Power Interface: desliga o recurso, responsável pela configuração e gerenciamento de energia no computador. É usado em notebooks e desktops para, por exemplo, colocar o computador em estado de hibernação. Algumas placas simplesmente têm uma implementação furada da ACPI ou precisam de configuração especial pra funcionar corretamente. Outras placas, por outro lado, precisam do parâmetro acpi=force porque têm problemas se o ACPI não estiver ativado.
  • APIC – Advanced Programmable Interrupt Controller é um controlador de interrupções integrado no processador. Esse comando de inicialização do x86 diz ao kernel para não utilizar o chip APIC. Pode ser útil para algumas placas-mãe com um APIC danificado (como o Abit BP6) ou com um BIOS cheio de erros. Sistemas baseados nos chips nForce3 da NVIDIA (como o ASUS SK8N) foram conhecidos por cairem durante a detecção do IDE no momento da inicialização ou por apresentarem outros problemas de interrupção na entrega
  • PCMCIA – Esse comando ignora qualquer controlador PCMCIA no sistema, que geralmente são de notebook/laptop pelo que sei
  • NOSMP – Desativa o suporte da placa mãe a multiprocessamento e hyperthreading. Alguma placas sequer têm um segundo processador, mas são esquizofrênicas, acreditam que têm e reclamam bem alto se você não concordar com elas
  • PNPBIOS=OFF – Desliga o recurso plug-and-play do barramento ISA. Isso resolve nos casos em que a placa-mãe acha que é uma boa idéia reservar um monte de interrupções para dispositivos não existente ou interrupções que deveriam ficar com dispositivos on-board no barramento PCI
  • PCI=BIOSIRQ: Esta é mais uma opção que resolve problemas de detecção da placa de rede ou som em algumas máquinas. Ela faz com que o sistema siga a configuração de endereços definida pelo BIOS, ao invés de usar o procedimento normal de detecção.
  • IRQPOLL: Esta opção modifica a forma como o sistema detecta os dispositivos da máquina, corrigindo uma série de problemas em micros e notebooks recentes. Ela é necessária para o wireless funcionar em diversos notebooks Acer com placas Broadcom, resolve problemas relacionados com a placa de som ou com placa de rede em diversas configurações e soluciona um problema relacionado à detecção de HDs SATA em placas baseadas no chipset K8T890 (como a Asus A8V-E), entre outras. Esta opção causa poucos efeitos colaterais, de forma que você pode usá-la (inclusive combinada com outras opções) sempre que perceber que algo está errado.
  • ALL-GENERIC-IDE: Esta opção soluciona problemas de compatibilidade com as controladoras IDE ou SATA de algumas placas-mãe, sobretudo nas placas com o infame chipset SiS 761GX/965L (ao usar um HD SATA), como a PC-Chips K8 A31G. Esta opção deve ser usada em casos onde o sistema não consegue detectar os HDs do micro (o que além de impedir que você acesse os arquivos, impossibilita a instalação). Ao usar a opção de boot, o sistema utiliza um modo de acesso genérico para os HDs, o que resolve o problema em 90% dos casos, embora cause uma certa redução no desempenho do HD.
Comentários