Notícias

A ESET encontra nova ameaça que rouba a carteira de criptomoedas

0
A ESET encontrou malware que rouba a carteira de criptomoedas

Recentemente, Lukas Stefanko, pesquisador de segurança da ESET, detectou que a loja de aplicativos do Google Play teve um aplicativo malicioso. O objetivo é roubar a moeda virtual do usuário. Neste post, confira que a ESET encontra nova ameaça que rouba a carteira de criptomoedas.

Ele escreveu um post no blog que o malware é disfarçado como um aplicativo de moeda virtual legítimo.

Nota-se que o malware intercepta o conteúdo da área de transferência e o substitui sub-repticiamente pelo que o invasor quer subverter. No caso de uma transação de criptomoeda, o usuário afetado pode terminar com o endereço de carteira copiado e alterado silenciosamente para um pertencente ao invasor. ”  concluiu o pesquisador.

A ESET encontrou um malware que rouba a carteira de criptomoedas

Este simulador de clipper no Google Play é um serviço chamado MetaMask, que permite que os navegadores executem aplicativos que suportam a moeda virtual Ethereum. O principal objetivo desta ferramenta maliciosa, chamada Eset, Android/Clipper.C, é rotular o certificado que pode controlar o Ethereum. Ele também pode substituir os endereços de carteira Bitcoin e Ethereum que são copiados para uma área de transferência com o endereço de carteira pertencente ao cracker.

O Google prontamente já removeu esse aplicativo malicioso, conforme reportado pela ESET. 

 Crescimento no número de ameaças em relação a criptomoedas

Atualmente, temos notado que recentes ameaças no mundo virtual são recorrentes no segmento das moedas virtuais, devido que, com a premissa de que um dia, as criptomoedas voltaram a ter seu crescimento exponencial, já que hoje em dia, com os devidos ataques, mostra-se que as vulnerabilidade são frequentes e cada vez mais graves perante aos olhos dos especialistas de segurança da informação.

Empresas de segurança sempre estão noticiando diversos ataques diferentes, isso devido a falta de informação da maioria dos usuários, como também, o avanço da tecnologia proporciona mecanismo para facilitar a vida dos cibercriminosos. No entanto, o setor de segurança está sempre se atualizando e criando alternativas para minimizar estas vulnerabilidades tão críticas, que acabam afetando o cotidiano das pessoas.

Fábio Trentino
Estudante de Gestão em Tecnologia da Informação na Universidade Centro Universitário Central Paulista - UNICEP - São Carlos - SP

Mozilla emitiu um aviso sobre o novo cartão de identidade do Quênia

Previous article

Google anuncia uma infra-estrutura de difusão escalável

Next article

You may also like

More in Notícias