in

Adicionando impressoras ao servidor de impressão com Raspberry Pi

Agora chegou a segunda parte, vamos adicionar as impressoras ao nosso servidor de impressão!

servidor de impressão

Na primeira parte, expliquei o básico para instalarmos os principais componentes para transformar um Raspberry Pi em um servidor de impressão.

Configurando servidor de impressão com Raspberry Pi

Agora, vamos começar a realizar a configuração de nosso servidor. Instalamos o CUPS na primeira parte do artigo, agora vamos compartilhar sua impressora pela rede.

Configuração da Impressora

Abra um navegador e navegue por:

https://<ip-do-seu-raspberry-pi>:631/admin/.

Para adicionar uma impressora leia o nosso artigo já escrito sobre isso, o procedimento de instalação é exatamente o mesmo para todas as distribuições que utilizam o CUPS, por isso não se preocupe com o título da matéria.

Uma vez que o serviço de impressora está instalado e funcionando no seu Raspberry Pi, é necessário configurar os outros computadores na rede para se conectar a ele. Em sistemas GNU/Linux rodando o GNOME, você pode acessar a configuração da impressora através da opção Configurações. Depois de clicar em Impressoras e vá na opção Adicionar impressora.

Sistemas Windows todos têm um meio semelhante para adicionar uma impressora através do Painel de Controle. E lembre-se de que está adicionando uma impressora de rede (não uma impressora local).

Caso tenha alguma dúvida, entre no nosso grupo do Telegram. Lá tem mais de 2500 pessoas para lhe auxiliar.

[button href=”https://t.me/sitesempreupdate” type=”btn-default” size=”btn-xs”]Grupo do SempreUPdate no Telegram[/button]

Escrito por Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Versão beta do Android Studio 3.5 já foi lançada

Equipe Anti-Assédio do Debian continua trabalhos em 2019

Debian 10 “Buster” atualmente é padronizado para GNOME Wayland