OpenOffice pode chegar ao fim, de novo e de novo!
A suíte de escritório OpenOffice pode acabar, pois é. Mas um detalhe, não é a primeira vez que essa ameaça eminente aparece, na verdade é a terceira vez que o projeto passa por dificuldades devido a falta de desenvolvedores.
Durante a transição da Sun para Oracle e da Oracle para o Apache o fim foi cogitado. Ocorre que em 2010 boa parte dos desenvolvedores foram trabalhar em favor do LibreOffice, que tornou-se a suíte de escritório popular, devido aos seus recursos e rapidez na correção de bugs ou itens de segurança. 
A crise na suíte do OpenOffice foi e é tão grave em relação as correções de erros e de segurança, que a equipe do OpenOffice orientou seus usuários a migrarem para o Microsoft Office ou LibreOffice em Julho deste ano. Tudo isso deu-se pelo fato de uma correção que era necessária ser feita, e devido a demora a equipe de desenvolvedores sugeriu a migração. A correção saiu atrasada, já em Agosto e eles infelizmente só conseguiram distribui-la através de instalação de forma manual. 
Atualmente, eles estão pensando no que fazer e como fazer, pois infelizmente são poucos aqueles que querem desenvolver para projeto. E então, o Dennis Hamilton que é o vice-presidente da Fundação Apache esta cogitando por um fim no projeto. 

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

Mas como seria isso?

Tentando resumir tudo, o código ficaria disponível para qualquer pessoa utilizar, ma sem adição de novidades ou atualizações. Depois seria desligado as listas de discussões públicas e a lista para desenvolvedores. Em seguida todos os sites ligados ao projeto como redes sociais e o site do OpenOffice também sairia do ar. 

E o LibreOffice?

O LibreOffice é mantido pela The Document Foudantion, e permanece firme e forte de pé, inclusive é através dos desenvolvedores do LibreOffice que os usuários do OpenOffice conseguem ter acesso à novos recursos em sua suíte. 

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

O LibreOffice possui cerca de 100 milhões de usuários ativos, segundo a Collabora. Já o OpenOffice possuem mais usuários no Windows e Mac, e o LibreOffice permanece líder nas mais varias distribuições. 
Bom, agora o projeto esta ainda pensando no que vai fazer, se fecha as portas ou se estuda como atrair novos colaboradores. Caso você queira dar uma olhada na discussão sobre o assunto, veja a lista pública abaixo clicando no botão. 
Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Lançado quinto Release Candidate do kernel Linux 4.8!

    Previous article

    Adobe resolveu dar suporte ao Flash para Linux, confira!

    Next article

    You may also like

    More in Linux