SempreUPdate
Notícias sobre Ubuntu, Debian, Fedora, Linux, Android, Tecnologia, LibreOffice e muito mais!

Aprenda Programação com Python – Parte 5

Aprenda Programação com Python – Parte 5
Dando prosseguimento ao nosso tutorial de python, vamos aprender um pouco mais sobre listas e agora, vamos começar a falar sobre loops. Mas antes, se você caiu nesta postagem, confira as outras partes deste pequeno material para quem esta começando.
Se você já estudou programação e está achando que eu sou louco e que não sigo a ordem do seu livro você está certo! Mas fique tranquilo, nós vamos chegar lá.

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

Fazendo um cadastro com listas

Você pode utilizar uma lista para realizar um cadastro. Basta definir um índice para cada campo. Então vamos imaginar que você quer fazer o cadastro dos seus clientes. Você pode armazená-los em uma lista definindo que cada índice da lista refere-se a um campo do cadastro, por exemplo:
0 – nome

1 – telefone

2 – e-mail
Agora vamos armazenar os dados de alguns clientes usando python, em seguida vamos listar seus nomes:
cliente1=[“José Silva”,”9999-9999″,”jsilva@empresa.com”]
cliente2=[“Carlos Roberto”,”8888-8888″,”cr@empresa.com”]
cliente3=[“João Silva”,”7777-7777″,”jova@empresa.com”]
print(cliente1[0])
print(cliente2[0])
print(cliente3[0])
Outra possibilidade listar os dados de um cliente:
print(“Nome: “,cliente1[0])
print(“Telefone: “,cliente1[1])
print(“e-mail: “,cliente'[1])
Mas por que colocamos o número de telefone como uma string, e não como um número? Porque, de fato, ele não representa um número. Apesar de ser composto por numerais, não é algo que vamos somar. Então nem tudo que tem números é do tipo numérico. Depende do que representa, pegou?

O Loop for

Programar tem a ver com deixar o computador fazer as tarefas chatas e repetitivas. Então, digamos que eu queira listar todos os dados de um cliente. Aí, ao invés de digitar linha a linha para cada campo eu posso utilizar um loop chamado for.  O que o comando for vai fazer é percorrer toda a lista item a item e vai repetir os comandos que eu der dentro do bloco para cada item da nossa lista. Vamos ver como fica.
for contador in cliente1:
  print(contador)
#repare na identação da segunda linha. 
#contador foi o nome que eu dei a variável. Você pode dar o nome que quiser
Simples assim! Essas duas linhas mostram na tela o mesmo resultado das 3 de cima. Então eu só economizei uma linha de código, certo? Errado. Você economizou uma porque nosso cadastro tinha três itens. E se tivesse 30?

A função range

Outra aplicação. Imprimir na tela os números de 1 à 30
for a in range(30):
  print(a)
A função range lista o números inteiros do 0 até o numero que é dado por argumento(n) menos 1 ou seja, lista n-1 itens. Como se fosse uma lista [0,1,2,3…,29]
Pera aí! Mas nós queremos que conte de 1 à 30. Lembra que as listas começam em 0? Então ele conta 30 números: de 0 à 29. Então a lógica é a mesma. Basta somar um em cada interação assim ele vai começar a contar no 0+1 e terminar no 29+1(30).
for a in range(30):
  print(a+1)
Outra forma de fazer é ao invés de  contar até 30 contar até 31 e indicar que deve começar a contar :

google_ad_client = “ca-pub-5822666425104102”;
google_ad_slot = “7651670077”;
google_ad_width = 728;
google_ad_height = 90;

for a in range(1,31):
  print(a)
ou seja, você começa a contar no 1 ao invés de 0 e termina, como sempre no segundo número-1.
Agora mais uma propriedade da função range: Por padrão ela conta de 1 em 1, mas pode contar de 2 em 2, de 3 em 3. Você decide, mas para se exibir na tela todos os números pares de 0 à 100:
for a in range(0,101,2):
  print(a)
Mais para frente vou mostrar outra forma de resolver esse problema. Não perca (he he he)!
Para terminar de explicar, a função range você pode contar de trás para frente(?) sim, você pode contar de 10 até 0 por exemplo, até mesmo de 10 à -10. Basta indicar que ao invés de contar de 1 em 1 ele deve contar de -1 em -1
for a in range(10,-11,-1):
  print(a)

De volta às listas

Lembra que eu disse que você pode utilizar diferentes tipos dentre de uma lista? Você pode usar strings, inteiros, floats e….. listas! Sim, você lembra? Listas também são um tipo! Vamos reescrever nosso cadastro.
clientes=[[“José Silva”,”9999-9999″,”jsilva@empresa.com”],[“Carlos Roberto”,”8888-8888″,”cr@empresa.com”],[“João Silva”,”7777-7777″,”jova@empresa.com”]]
for a in clientes:
  print(a)
Observe que listamos as listas com os clientes. Acho que seria mais interessante listar item a item, mas como acessar uma item de uma lista dentro de uma lista?
Para acessar o item 0(nome) da lista 0 utilizamos:
clientes[0][0]
Para o item 1(telefone) da lista 0:
clientes [0][1]
Para o item 0 da lista 2:
clientes[2][0]
Ou seja, o primeiro par de colchetes para o índice do item na lista, o segundo par de colchetes para o índice no item determinado no primeiro par de colchetes. Dessa maneira, podemos ter 2, 3 ou 4 níveis, ou quantos quisermos.
Agora listar item a item de cada uma das listas podemos aninhar loops, repare que precisamos identar cada um dos blocos. Na verdade é um bloco dentro de outro bloco:
for a in clientes:
  for b in a:
   print(b)
  print(“”)
Bom… acho que já temos bastante informação para ruminar. O desafio da semana é o seguinte:
Utilize o loop for para descobrir qual o valor da a soma de todos os números inteiros de 0 à 100.
Abraços!
Comentários