in

Aprenda a usar o comando Ifconfig!

Anda querendo aprender mais sobre o Linux? Então hoje é dia do comando ifconfig, veja como é simples e útil!

aprenda-usar-o-comando-ifconfig

O comando ifconfig é utilizado para configurar parâmetros em qualquer interface de rede, tanto para atribuir um mac específico como também para configurar detalhes/parâmetro das interfaces!

Aprendendo a usar o comando ifconfig

1 – Alterando o Mac Address:

O Mac Address da placa de rede, teoricamente não pode ser alterado fisicamente, mas pode ser alterado virtualmente.

É necessário estar com a placa de rede desativada. Cole no terminal ROOT e pressione ENTER

ifconfig eth0 down

Agora altere o Mac Address. Cole no Terminal ROOT e pressione ENTER:

ifconfig eth0 hw ether 00:D0:D0:67:2C:05

Agora ative a placa de rede e configure o endereço IP/Mask. Cole no Terminal ROOT e pressione ENTER:

ifconfig eth0 192.168.0.1 netmask 255.255.255.0 up

Obs.: Altere o endereço de Mac Address, IP e NetMask para o seu.

2 – Adicione um segundo endereço IP (apilido/alias):

Essa opção é muito utilizada para você ter mais de um endereço IP na mesma interface de rede. O detalhe está na hora de especificar a interface, você pode ir colocando uma “interface:numero” para cada novo endereço.

Veja como é simples:

Adicionando o primeiro endereço. Cole no terminal ROOT e pressione ENTER:

ifconfig eth0 192.168.0.1 netmask 255.255.255.0 up

Adicionando o segundo endereço. Cole no Terminal ROOT e pressione ENTER:

ifconfig eth0:1 10.0.0.5 netmask 255.255.255.0 up

Adicionando o terceiro endereço. Cole no Terminal ROOT e pressione ENTER:

ifconfig eth0:2 172.16.12.78 netmask 255.255.255.0 up

Agora digite o comando ifconfig para exibir o resultado:

ifconfig

Você verá os alias/apilidos da interface eth0 e os seus endereços IP’s.

3 – Ativar/Desativar modo promíscuo:

O modo promíscuo permite que a interface de rede receba todos os pacotes que passam por ela, mesmo os que não são destinados a ela.

Técnica muito utilizada para monitorar o tráfego da rede (sniffing), tanto para o “bem” quanto para o “mal”.

Para ativar o modo promíscuo:

ifconfig eth0 promisc

Para desativar o modo promíscuo:

ifconfig eth0 -promisc

Para verificar se alguma interface está em modo promíscuo:

ifconfig | grep -i PROMISC

A saída do comando acima deve ser equivalente há: UP BROADCAST RUNNING PROMISC MULTICAST MTU:1500 Metric:1

Dica de Seguraça: Se você notar que sua rede está sendo monitorada indevidamente ou que sua rede ficou muito lenta recentemente. Utilize o comando acima em seu gateway ou qualquer outro host suspeito, para verificar se a placa de rede está operando em modo promíscuo.

Você pode estar sofrendo um ataque de algum sniffer em algum host da sua rede.

4 – Alterando o tipo de Mídia:

Alguns exemplos para configurar o tipo de mídia que sua interface está utilizando. Alguns tipos: auto, 10base2, 10baseT, 100baseT, 1000baseT entre outros tipos…

Alterando o tipo da mídia:

ifconfig eth0 media 10baseT

Obs.: Sua interface deve suportar o tipo de mídia que você quer configurar. Algumas interfaces de rede não suportam essa mudança e irá aparecer a seguinte mensagem de erro:

port: SIOCSIFMAP: Operation not supported.

Written by Emanuel Negromonte

Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

tenha-seu-laboratorio-de-redes-virtual-com-netkit

Tenha seu laboratório de redes virtual utilizando o Netkit

quais-diferencas-entre-processadores-64-bits-32-bits

Quais são as diferenças entre processadores de 64 bits e processadores de 32 bits?