Take a fresh look at your lifestyle.

Bash-insulter: Seja insultado pelo sistema ao digitar um comando errado

175

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Se você tem dificuldade em memorizar os comandos do Linux, e sempre erra as digitações no terminal, saiba que os seus problemas podem ser resolvidos com o Bash-insulter, a gente sabe que ninguém gosta de ser insultado de graça, mas e se for por um erro de digitação por algum comando ? Será que vale a pena ?

Essa dica pode ser útil para quem esta se preparando para algum testes prático, e não pode levar cola ou aquela apostila que tem tudo o que precisamos. Como também, aqueles que são autodidatas e precisam só de uma força, mesmo que seja um insulto, do seu sistema, é claro.

A ideia do Bash-insulter é divertir os usuários, que assim como eu acabam digitando algo errado. O código esta disponível no Github do Bash-insulter e ele consegue gerar insultos aleatórios.

Como instalar o Bash-insulter?

Primeiro teremos que instalar o GIT em nosso sistema operacional. Para isso vamos usar o gerenciador de pacotes padrão do nosso sistema, fique tranquilo que todas as distribuições GNU/Linux possuem o pacote, basta executar o comando de acordo com a sua distribuição.

Por exemplo, podemos instalar o GIT usando o seguinte comando em qualquer sistema baseado no Debian:

sudo apt install git

Para Fedora e derivados:

dnf install git

Uma vez instalado git, poderemos clonar o repositório Bash-insulter, para isso execute o comando abaixo:

git clone https://github.com/hkbakke/bash-insulter.git bash-insulter

Depois de clonar, podemos copiar o script para a pasta /etc/ do nosso sistema. Para fazer isso, precisamos copiar o seguinte comando em nosso terminal:

sudo cp bash-insulter/src/bash.command-not-found /etc/

Agora, para que funcione, teremos que editar o arquivo /etc/bash.bashrc . No mesmo terminal vamos editar o arquivo usando o vi (ou o editor que você mais gosta). Se você quer usar vi, você pode usar o seguinte comando:

sudo vi /etc/bash.bashrc

Uma vez que o arquivo foi editado, só teremos que adicionar as seguintes linhas. É aconselhável adicionar essas linhas ao final do arquivo. Também é uma boa ideia deixar um comentário para identificar quais são essas linhas. Você deve acabar tendo algo assim:

bash-insulter-etc-bashrc

O conteúdo do arquivo é:

#Bash-insulter

if [ -f /etc/bash.command-not-found ]; then
 . /etc/bash.command-not-found
fi

Salve e feche o arquivo digitando : wq. Depois de sair do sistema, execute o seguinte comando para atualizar as alterações:

source /etc/bash.bashrc

Configuração Bash-insulter

Se quisermos adicionar novas mensagens, podemos fazê-lo editando o arquivo /etc/bash.command-not-found. Para isso, teremos abrir o terminal (Ctrl + Alt + T) o seguinte comando:

sudo vi /etc/bash.command-not-found

Uma vez que o arquivo é editado, podemos adicionar as mensagens que queremos. Teremos que colocá-los dentro da diretiva local messages após o messages=( e o insulto deve estar entre aspas. Também podemos traduzir aqueles que já existem dentro da diretiva, uma vez que aqueles que estão por padrão estão em inglês (e particularmente acho mais engraçado que meu sistema operacional me envie mensagens em espanhol). Como estamos em época de jogos mundiais, será bem engraçado receber insultos no idioma da Argentina. Vale lembrar que ainda não é possível direcionar mensagens de erros para comandos específicos, eles sempre serão aleatórios.

Durante a configuração, adicionei alguns insultos mais agressivos. Veja na imagem abaixo:

bash-insulter-configuração

Alerta

O desenvolvedor do script e nós do SempreUPdate, não somos responsáveis pela ofensa aos sentimentos de alguém, intencionalmente ou acidentalmente. Este script foi criado exclusivamente para diversão e entretenimento, use-o com cuidado para não ganhar processos por aí.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Comments