in

Como instalar o Go no Debian e distros derivadas

Muitos aplicativos populares, como Kubernetes, Docker, Prometheus e Terraform, são escritos em Go, logo, vamos ver como instalar o Go no Debian , ver um exemplo prático e um curso disponibilizado no youtube para você aprender essa poderosa linguagem de programação.

Go é a linguagem de programação mais procurada em 2020

Antes de vermos como instalar o Go no Debian e distros derivadas, veremos uma breve introdução da linguagem de programação Go.

Go é um ambiente de programação de código aberto que faz com que seja fácil de construir software simples, confiável e eficiente. Além de ser um projeto de código aberto desenvolvido pela equipe do Google e muitos contribuidores da comunidade open source, ele é distribuído sob a licença estilo BSD.

Go é multiplataformas e distribuições oficiais dos binários estão disponíveis para o FreeBSD, Linux, MacOS X, NetBSD, e Windows.

Lançada linguagem de programação Go 1.14

Como instalar o Go no Debian e distros derivadas

Vamos agora instalar o Go lembrando que deveremos ter privilégio de root para a instalação do mesmo. No caso do Debian utilizamos o comando sudo para os privilégios de root, logo, se sua distribuição não esteja com o sudo configurado, logue-se como root para a execução do mesmo ou configure o sudo nela.

1. Download do Go

No momento da publicação deste post, a versão estável mais recente do Go é a versão 1.14.2. Antes de baixar o tarball, visite a página oficial de downloads Go e verifique se há uma nova versão disponível.

Agora, execute o comando abaixo com privilégios de root para baixar e extrair o arquivo binário Go no diretório /usr/local.

sudo wget -c https://dl.google.com/go/go1.14.2.linux-amd64.tar.gz -O -- | sudo tar -xz -C /usr/local

Observe que no comando acima, caso copie e cole, poderá ser colado errado, logo, verifique se o comando esta conforme na a imagem abaixo.

2. Variável de ambiente do Go

Adicionando o local do diretório Go à variável de ambiente $PATH, assim o sistema saberá onde encontrar os binários executáveis do Go.

Isso pode ser feito adicionando a seguinte linha ao arquivo /etc/profile (para efeito em todo o sistema) ou ao arquivo $HOME/ .profile (para o usuário atual).

$ nano ~ /.profile

Linha a ser adicionado ao arquivo.

export PATH=$PATH:/usr/local/go/bin

Salve o arquivo e carregue a nova variável de ambiente PATH na sessão atual do shell.

source ~/.profile

3. Verificar instalação do Go

Verifique a instalação imprimindo a versão Go.

go version

A saída deve ser parecido como isso.

go version go1.14.2 linux/amd64

4. Testando o Go

Para testar a instalação do Go, criaremos um espaço de trabalho e um programa simples que imprime a clássica mensagem “Olá mundo! Olá SempreUpdate!“.

Por padrão, a variável GOPATH, que especifica o local da área de trabalho, está definida como $HOME/go. Então vamos criar o diretório do espaço de trabalho.

$ mkdir ~/go

Dentro do diretório de trabalho do Go, vamos criar um novo diretório /src/hello.

$ mkdir -p ~/go/src/hello

Agora dentro desse novo diretório criaremos um arquivo chamado hello.go.

$ nano ~ /go/src/hello/hello.go

Com o arquivo aberto, cole as linhas de código abaixo.

package main

import "fmt"

func main() {
fmt.Printf("Olá mundo!\nOlá SempreUpdate!\n")
}

Para saber mais sobre a hierarquia de diretórios da área de trabalho do Go, visite a página Documentação do Go.

Navegue para o diretório ~/go/src/hello e execute go build para criar o programa.

$ cd ~/go/src/hello
$ go build

O comando go build criará um arquivo executável chamado hello.

Você pode executar o executável simplesmente executando o comando abaixo.

$ ./hello

A saída deve ser como isso.

Olá mundo!

Olá SempreUpdate!

5. Curso de Go

Agora que você já sabe como instalar o Go no Debian e distros derivadas, pode começar a desenvolver seus projetos no Go.

Indico o curso de Go do canal da Ellen Körbes no YouTube, que o mesmo te ajudará a desenvolver seu estudo nessa poderosa linguagem de programação.

Go – Aprenda a Programar (Curso)

Para ficar atualizado no Sempre Update siga lá no canal do Telegram ou Twitter e fique sabendo sempre de novas postagens.

Caso tenha alguma dúvida, entre em nosso grupo no Telegram e compartilhe-o.

Escrito por Glauber GF

Graduado em Sistemas de Informação, militante de software livre, usuário assíduo do sistema GNU/Linux e também membro do Viva o Linux.