Como Redefinir A Senha De Root Do MySQL Ou Do MariaDB

Se você esqueceu ou perdeu a senha de root do banco de dados MySQL ou MariaDB, tenha calma você ainda poderá obter acesso e redefinir a sua senha. Mas para isso você tem que ter acesso ao servidor, é obvio, e uma conta de superusuário (sudo). Agora vamos aprender como redefinir a senha do root para versões mais antigas e mais recentes do MySQL e do MariaDB.

1 – Identificar a versão do bando de dados

A maioria das distribuições GNU/Linux está vindo com MariaDB, que é um fork do MySQL. Dependendo do banco de dados que você está usado e sua versão, você precisará usar comandos diferentes para recuperar a senha de root.

Você pode verificar sua versão com o seguinte comando:

MySQL:

mysql --version

MariaDB:

mariadb --version

Anote qual banco de dados e versão que você está executando, pois você vai usar mais tarde. Em seguida, você precisa parar o banco de dados para poder acessá-lo manualmente.

2 – Parando o servidor de banco de dados

Para alterar a senha do root, você precisa parar o servidor de banco de dados com antecedência.

Você pode fazer isso para o MySQL, com esse comando:

sudo systemctl stop mysql

Você pode fazer isso para o MariaDB, com esse comando:

sudo systemctl stop mariadb

Depois que o servidor de banco de dados for parado, você o pode acessar ele manualmente para redefinir a senha de root. Caso você queira saber mais sobre o systemctl, temos esse arigo falando mais sobre o assunto.

3 -Reiniciando o servidor de banco de dados sem verificação de permissão

Se você executar o MySQL e o MariaDB sem carregar informações sobre privilégios de usuário, ele permitirá que você acesse a linha de comando do banco de dados com privilégios de root sem fornecer uma senha. Isso permitirá que você obtenha acesso ao banco de dados.

Para fazer isso, você precisa parar o banco de dados de carregar as tabelas de permissões (grant tables), que armazenam informações de privilégios de usuário. Como isso é um risco de segurança, você também deve desativar a conexão pela internet, para evitar que outros clientes se conectem ou pessoas mal-intencionadas.

Inicie o banco de dados sem carregar as tabelas de permissões e sem conexão a rede:

sudo mysqld_safe --skip-grant-tables --skip-networking &

O “e” comercial no final desse comando é para o processo seja executado em segundo plano para que você possa continuar a usar seu terminal.

Agora você pode se conectar ao banco de dados como o usuário root, sem que ele peça sua senha.

mysql -u root

Agora que você tem acesso root, você pode alterar a senha do root.

4- Alterando a senha do root

Uma maneira simples de alterar a senha do root para versões recentes do MySQL é usando o comando ALTER USER. No entanto, esse comando não funcionará agora porque as tabelas de permissões não estão carregadas.

Vamos dizer ao servidor de banco de dados para recarregar as tabelas de permissões emitindo o comando FLUSH PRIVILEGES.

FLUSH PRIVILEGES;

Para o MySQL 5.7.6 e mais recentes, bem como o MariaDB 10.1.20 e mais recentes, use o seguinte comando:

ALTER USER 'root'@'localhost' IDENTIFIED BY 'nova-senha';

Para o MySQL 5.7.5 e mais antigo, bem como o MariaDB 10.1.20 e mais antigo, use:

SET PASSWORD FOR 'root'@'localhost' = PASSWORD('nova-senha');

Certifique-se de substituir nova-senha pela senha que você vai querer colocar para o seu usuário root.

Nota: Se o comando ALTER USER não funcionar, geralmente é indicativo de um problema maior. No entanto, você pode tentar UPDATE … SET para redefinir a senha de root.
UPDATE mysql.user SET authentication_string = PASSWORD(nova-senha') WHERE User = 'root' AND Host = 'localhost';
Se você usou o comando anterior o UPDATE … SET, lembre-se de recarregar as tabelas de permissões depois disso, com esse comando:
FLUSH PRIVILEGES;

Feito isso, saia do prompt do bando de dados:

exit;

Em ambos os casos, você deve ver a confirmação de que o comando foi executado com sucesso.

5- Reiniciando o bando de dados

Primeiro, pare a instância do servidor de banco de dados que você iniciou manualmente na Etapa 3. Esse comando procura pelo PID, ou processo ID, do processo MySQL ou MariaDB e envia SIGTERM para que ele saia sem problemas após executar as operações de limpeza.

Para o MySQL, use:

sudo kill `cat /var/run/mysqld/mysqld.pid`

Para MariaDB, use:

sudo kill `/var/run/mariadb/mariadb.pid`

Em seguida, inicie o servidor.

Para MySQL, use:

sudo systemctl start mysql

Para MariaDB, use:

sudo systemctl start mariadb

Agora você pode confirmar que a nova senha foi aplicada corretamente executando:

mysql -u root -p

O comando anterior vai solicitar a senha, você deve informar a senha que você acabou de configurar. Com isso, você vai obter acesso ao prompt do banco de dados conforme o esperado.

allythy
Entusiasta do movimento de Software Livre e estudante de programação. Sou Coordenador do grupo de usuários de Software Livre do Rio Grande do Norte, PotiLivre, autor/colaborador do site SempreUpdate, fundador/colaborador do PHP-RN e coordenador do GruPy-RN.

Microsoft abre o código do WSL-DistroLauncher e quer mais distribuições no Windows

Previous article

Usa VPN? Muito cuidado com a escolha

Next article

You may also like

More in Dicas