in

Como usar o Ossia Score no Linux: Um sequenciador interativo

O sequenciador Ossia Score está disponível como um pacote .AppImage portátil para Linux.

Como usar o Ossia Score no Linux: Um sequenciador interativo
Imagem: Reprodução | Connect WWW.

O Ossia Score é um sequenciador gratuito e de código aberto para Linux, Windows e MacOS. Com ele, você pode criar shows interativos. Ainda mais, o programa é considerado a melhor aplicação para artistas de áudio e visuais. Você pode usar arquivos de som OSC, MIDI e DMX para criar partituras no seu sistema. Alguns outros recursos são Max/MSP, PureData, Processing, openFrameworks, Unity3D, controle remoto de aplicativos modul8 e definir manualmente qualquer relacionamento temporal e condicional entre eventos. Por fim, saiba que ele é liberado sob licença CeCILL e compatível com GPLv3. Neste tutorial, veja como usar o Ossia Score no Linux.

Como usar o Ossia Score no Linux

O sequenciador Ossia Score está disponível como um pacote .AppImage portátil para Linux. Usando ele, você pode instalar o Ossia Score facilmente no seu sistema. Assim, vá para a página de download do Ossia Score e baixe a versão mais recente no formato de arquivo .AppImage. Depois disso, abra o terminal e navegue até a pasta de downloads. Para mim, a pasta de downloads padrão é a Downloads.

Baixe o Ossia Score.

Como usar o Ossia Score no Linux: Um sequenciador interativo
O sequenciador Ossia Score está disponível como um pacote .AppImage portátil para Linux.
cd Downloads

Em seguida, digite o comando abaixo no terminal e pressione a tecla ENTER. Dessa maneira, ele mudará o arquivo para executável. Aqui o nome do arquivo baixado é Score-v2.5.2-linux-amd64.AppImage. Além disso, você precisa digitar sua senha.

sudo chmod +x ~ Score-v2.5.2-linux-amd64.AppImage

Em seguida, para iniciar o Ossia Score no Linux, execute o comando abaixo.

sudo ./Score-v2.5.2-linux-amd64.AppImage

Se você não gosta de fazer isso via linha de comando, pode fazê-lo via interface gráfica. Portanto, clique com o botão direito do mouse no arquivo .AppImage baixado e selecione Propriedades. Em seguida, vá para a guia Permissões e marque a opção que permita a execução de arquivos como programa. Por fim, feche esta janela, clique novamente com o botão direito do mouse sobre o arquivo e selecione Executar.

Em caso de dúvidas, fique à vontade para entrar no grupo do Sempre Update no Telegram.

Fonte: Connect WWW

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Linux 5.6-rc1 lançado

Linux 5.6-rc1 lançado

GNOME 3.36 revela novo wallpaper padrão

GNOME 3.36 revela novo wallpaper padrão