Condenado, herdeiro da Samsung recebe perdão!

A economia da Coreia do Sul realmente precisa dele?

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

O vice-presidente da Samsung Electronics e herdeiro da empresa, Jay Y. Lee, foi condenado várias vezes por várias acusações de crimes graves. No entanto, o herdeiro da Samsung, mesmo tendo sido condenado pelos crimes de perjúrio, peculato, ocultação de ativos fora do país e suborno de funcionários eleitos para ajudar a Samsung a realizar várias transações comerciais, recebeu o perdão do governo!

Apesar do herdeiro da empresa ter cumprido pena de prisão por esses crimes, seu registro agora está limpo. Isso porque ele recebeu um perdão presidencial do governo coreano e agora pode fazer o que quiser na Samsung.

Herdeiro da Samsung pode assumir a empresa

Depois desse perdão do governo, teoricamente, Lee finalmente pode assumir a empresa como as pessoas esperavam que ele fizesse depois que o cargo foi desocupado devido à morte de seu pai.

De acordo com o governo sul coreano, o motivo do perdão é “uma tentativa de superar a crise econômica vitalizando a economia”. Em outras palavras, o governo sente que a economia coreana é tão dependente da liderança de Lee na Samsung que está disposta a ignorar todos os seus crimes.

condenado-herdeiro-da-samsung-recebe-perdao

As leis coreanas impediram Lee de trabalhar na Samsung enquanto cumpria sua pena de prisão. No entanto, rumores sugerem que ele ainda estava envolvido nos negócios do dia-a-dia e o governo fez pouco para impedir isso. Agora perdoado, sua ficha criminal não o impedirá de ter total liberdade para administrar a Samsung.

Perdão dado ao filho e vista grossa às transações criminais do pai

O Android Authority aponta que, o governo coreano não tem problema em olhar para o outro lado quando a Samsung faz coisas ilegais. Segundo o site, o pai de Lee, Lee Kun-hee, também teve extensas transações criminais como: acusações de suborno, evasão fiscal e quebra de confiança.

Lee Kun-hee também recebeu indultos do governo coreano e nunca foi formalmente acusado nem cumpriu pena de prisão. Ele foi hospitalizado em 2014 após um ataque cardíaco, mas o falecimento aconteceu em 2020. Desde 2014, no entanto, seu cargo como chefe da Samsung ficou vago, embora seu filho tenha sido tratado como o herdeiro de fato da Samsung.

Claramente, pai e filho administravam a Samsung sem muita preocupação com a lei. Agora, Jay Y. Lee tem uma ficha limpa e pode voltar aos negócios mais uma vez.

Aparentemente, a Coreia do Sul espera que esse perdão ao herdeiro da Samsung faça as coisas melhorarem para o país. Certamente, o governo acredita que só ele pode mudar os rumos da Samsung.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.