in

Conferência X.Org deste ano contou com grande apoio da Microsoft

Mais umpasso importante dado rumo ao open source devido ao WSL.

O mundo dá muitas voltas e, quem diria, a Microsoft seria uma das principais patrocinadoras do X.Org Developers ‘Conference (XDC). Há poucos anos, se alguém falasse isso seria motivo de piadas. Porém, cada vez mais entranhada no open source, a empresa apoiou fortemente o XDC2020 Gdansk. Este evento ocorreu on-line por conta da covid-19. E o mais surpreendente: os engenheiros da Microsoft deram não apenas uma, mas três palestras no dia de abertura. Portanto, a conferência X.Org deste ano contou com grande apoio da Microsoft

Para o XDC2020, a Microsoft é uma das patrocinadoras prata do evento. Por outro lado, a Microsoft patrocinou a LinuxTag e outros eventos ao longo dos anos. No entanto, este foi um caso especialíssimo. Foram três conversas consecutivas centradas nos esforços de código aberto da Microsoft em relação a gráficos/GPU.

Jesse Natalie e Steve Pronovost, ambos da Microsoft, deram início ao XDC2020 falando sobre a arquitetura gráfica WSL em uma apresentação de vídeo pré-gravada e bem editada. Em seguida, Pronovost falou sobre o suporte a aplicativos X11/Wayland sob WSL. E então a terceira e última palestra da Microsoft do dia foi Jesse falando sobre suas camadas de mapeamento Mesa Direct3D 12 para obter OpenCL/OpenGL sobre D3D12.

Conferência X.Org deste ano contou com grande apoio da Microsoft

Conferência X.Org deste ano contou com grande apoio da Microsoft

Este apoio da Microsoft mostra tudo sobre seus esforços para obter computação GPU e aplicativos gráficos em execução no subsistema Windows para Linux (WSL2). Além disso, há o esforço que eles formaram em parceria com Collabora para OpenCL/OpenGL sobre DirectX 12. Por exemplo, falar sobre como colocar o Blender com OpenGL em funcionamento em um dispositivo Windows com processador Qualcomm sem suporte para OpenGL, mas apenas com um driver D3D12.

Curiosamente, eles comentaram que o Mesa era a “única abordagem viável” para este trabalho OpenGL no Direct3D 12. Não era prático escrever uma nova implementação OpenGL para camadas no Direct3D 12 dados os anos de trabalho já realizados pelo Mesa, bem como as inúmeras peculiaridades e outras afinações que vêm acontecendo ao longo dos anos.

As três apresentações falaram sobre o trabalho em:

  • traduções NIR para DXIL (DirectX Intermediate Layer);
  • driver Direct3D 12 Gallium3D;
  • interface de tubo Gallium para traduzir chamadas API Direct3D 12;
  • seu OpenCL C (CLC) para compilador DXIL e talentos técnicos relacionados para melhorando o ecossistema de gráficos abertos/computação API no Windows/WSL.

Durante a apresentação, foi compartilhado que deveria haver uma versão ao vivo para testar alguns de seus progressos recentes em cerca de um mês.

Também foi reiterado durante o XDC2020 sua ênfase em fazer o upstream de suas mudanças. Microsoft enviou patches para Mesa. No entanto, o limite para inserir novo código no Mesa é muito menor do que o kernel Linux. Os desenvolvedores upstream do Mesa parecem abertos a aceitar as contribuições de código aberto da Microsoft, especialmente com o envolvimento da Collabora. Porém, em relação ao kernel, a integração do driver DirectX 12 “DXGKRNL” no kernel Linux ainda está longe de ser certa.