in

Conheça o supercomputador capaz de processar os dados do maior radiotelescópio do mundo

Um volume imenso de dados será gerado!

Conheça o supercomputador capaz de processar os dados do maior radiotelescópio do mundo
O supercomputador Summit no Laboratório Nacional de Oak Ridge, nos Estados Unidos, representa o tipo de potência de processamento que o radiotelescópio Square Kilometer Array precisará para analisar a enxurrada de dados que é esperada. Imagem: Laboratório Nacional de Oak Ridge.

Foi realizado um teste das exigências de processamento de dados no supercomputador Summit para o maior radiotelescópio do mundo, o Square Kilometer Array. Isso aconteceu em preparação para quando ele se tornar operacional. Dessa forma, os engenheiros processaram com êxito mais de 400 gigabytes por segundo usando um dos supercomputadores mais poderosos do mundo. Por exemplo, isso equivale a 1.600 horas de vídeos do YouTube em definição padrão em um segundo.

Um supercomputador para o maior radiotelescópio do mundo

Pesquisadores do Centro Internacional de Pesquisa em Radioastronomia (ICRAR, sigla em inglês) em Perth, Austrália, o Laboratório Nacional de Oak Ridge nos Estados Unidos e o Observatório Astronômico de Xangai, na China, usaram o supercomputador Summit em Oak Ridge para processar observações simuladas do universo primordial.

Andreas Wicenec, diretor de Astronomia de Dados Intensivos do ICRAR, disse:

Até agora, não tínhamos ideia se poderíamos pegar um algoritmo projetado para processar dados provenientes dos radiotelescópios de hoje e aplicá-lo a algo mil vezes maior. Dessa maneira, a conclusão desse teste com sucesso nos diz que seremos capazes de lidar com o dilúvio de dados do SKA quando ele ficar online na próxima década.

Mas, ele acrescentou:

O fato de que precisamos do maior supercomputador do mundo para executar este teste com sucesso mostra que as necessidades do SKA existem no limite do que os supercomputadores de hoje são capazes de oferecer.

Conheça o supercomputador capaz de processar os dados do maior radiotelescópio do mundo
O supercomputador foi desenvolvido pela IBM.

Assim, o Square Kilometer Array, se totalmente financiado e construído no oeste da Austrália e África do Sul, deve gerar cerca de 550 gigabytes de dados por segundo. Além disso, o supercomputador Summit no Laboratório Nacional de Oak Ridge, desenvolvido pela IBM, é capaz de executar 200.000 trilhões de cálculos por segundo.

Neste artigo, você conheceu o supercomputador capaz de processar os dados do maior radiotelescópio do mundo.

Fonte: Astronomy Now

Leia também:

A supremacia quântica do Google! Empresa consegue superar o supercomputador mais poderoso do mundo!

Intel revela o Frontera, o supercomputador acadêmico mais rápido do mundo

Escrito por Leonardo Santana

Astrônomo amador e eletrotécnico. Apaixonado por TI desde o século passado.

Físicos comentam a “hegemonia quântica” do Google!

Netflix pode não permitir o compartilhamento da senha com amigos no futuro

Netflix pode não permitir o compartilhamento da senha com amigos no futuro