DXVK 1.10.1 lançado com suporte para recursos compartilhados

Claylson Martins
3 minutos de leitura

Acaba de ser lançado com base no DXVK 1.10 do início do mês, a nova versão DXVK 1.10.1. Paa quem desconhece, este é um recurso importante que funciona como uma camada de tradução para executar jogos Direct3D 9/10/11 sobre a API Vulkan em sistemas Linux. A versão DXVK 1.10.1 traz suporte para recursos compartilhados, corrigindo a reprodução de vídeo em vários jogos da Koei Tecmo (série Atelier, Nioh 2), bem como a interface do usuário baseada em D3D11 na versão Windows do Black Mesa. Neste momento, a versão ainda é bastante experimental agora e precisa de mais testes em vários drivers.

O DXVK é o projeto gratuito e de código aberto que ‘traduz’ Direct3D 9/10/11 para Vulkan para uso com as camadas de tradução Wine e Proton Windows. Ele é um dos principais componentes do Steam Play Proton que ajuda os jogos a rodarem bem em desktops Linux e Steam Deck.

DXVK 1.10.1 lançado com suporte para recursos compartilhados. Algumas das outras correções e melhorias incluem:

DXVK 1.10.1 lançado com suporte para recursos compartilhados
  • Adicionada uma variável de ambiente DXVK_ENABLE_NVAPI para ignorar a substituição do ID do fornecedor. Configurá-lo para 1 se comporta exatamente da mesma forma que dxvk.nvapiHack=False na configuração no arquivo de configuração, mas pode permitir uma melhor integração no Lutris ou no script de inicialização do Proton;
  • Geração de código de shader aprimorada quando matrizes locais são usadas. Isso pode melhorar o desempenho dos drivers da Nvidia em alguns jogos D3D11;
  • Corrigida a geração de código de shader quando o desvio de caso de comutação é usado no Shader Model 4.0. As versões atuais do FXC não geram mais esse código.
  • Desempenho potencialmente aprimorado ao renderizar para imagens DXGI_FORMAT_R11G11B10_FLOAT que também podem ser usadas com visualizações de acesso não ordenado;
  • Corrigidos vários problemas de D3D9 relacionados a uploads de texturas;
  • Assassin’s Creed 3 e Black Flag: Habilitado d3d11.cachedDynamicResources = a para solucionar problemas graves de desempenho.
  • Frostpunk: Habilitado d3d11.cachedDynamicResources = c para contornar baixo desempenho vinculado à CPU.
  • God of War: Corrigidos alguns problemas que começaram com o patch 1.0.9:
    • O ritmo de quadros extremamente inconsistente quando o jogo detecta uma GPU AMD dxgi.maxFrameLatency = 1 agora está definido por padrão para solucionar esse problema.
    • Pesada cintilação de algumas luzes. Aparentemente, isso também foi corrigido no jogo no patch 1.0.11.
  • GTA: San Andreas: corrigidos problemas de renderização da interface do usuário;
  • Rayman Origins: corrigidos problemas de renderização.

Para aqueles que criam o DXVK a partir da fonte enquanto esperam por um Proton atualizado para o Steam Play, acesse o GitHub para obter o código DXVK mais recente.

Via GaminonLinux

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.