Bitcoin é uma moeda digital que foi inventada por um indivíduo, até pouco tempo, de identidade misteriosa, um programador japonês de 64 anos chamado Satoshi Nakamoto. Essa moeda é volátil e descentralizada, e segundo o site bitcoinnews pode chegar este ano a US$ 2.000; ou mais. Até aí, tudo bem, mas de onde esse dinheiro virtual vem?
Engenheiro mostra como minerar Bitcoin com lápis e papel!

Normalmente, computadores supervelozes os mineram, mas o engenheiro Ken Shirriff está mostrando para quem quiser ver que é possível fazer isso usando apenas lápis e papel como equipamento — além, é claro, de uma enorme quantidade de paciência e tempo.

Haja grafite…

A criptomoeda vem de uma série de operações criptográficas e não há atalhos nesses cálculo. Shirrif diz que realizar isso manualmente, através do algoritmo SHA-256, é um quintilhão de vezes mais lento do que o processo normal, levando cerca de 16 minutos e 45 segundos para completar um círculo do algoritmo.
Engenheiro mostra como minerar Bitcoin com lápis e papel!
Porém, para conseguir um bloco de Bitcoin, é preciso 128 círculos, algo que levaria um dia e meio para ser alcançado. “Não é nenhuma surpresa, o processo é extremamente lento comparado à mineração feita por hardware e completamente impraticável”, explica o engenheiro.
No vídeo abaixo, ele tenta demonstrar como as operações são realizadas. Ainda que não seja algo que dê para fazer para obter resultados práticos, a explicação de Shirrif ajuda a compreender o complexo processo de “extração” dessa moeda.

Emanuel Negromonte
Fundador do SempreUPdate. Acredita no poder do trabalho colaborativo, no GNU/Linux, Software livre e código aberto. É possível tornar tudo mais simples quando trabalhamos juntos, e tudo mais difícil quando nos separamos.

Asimo, o mais avançado humanoide foi programado no Ubuntu!

Previous article

Debian Xfce pode ter aparecido em filme nos cinemas! Confira!

Next article

You may also like

More in Linux