Notícias

20/10/2021 às 09:30

6 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Facebook está prestes a mudar de nome

Facebook está prestes a mudar de nome

Em breve, o Facebook de Mark Zuckerberg deve apresentar novidades importantes. Ao longo dos anos, Zuckerberg compartilhou várias visões para o futuro, incluindo colocar o mundo inteiro online. Sua ideia mais recente é a do metaverso, uma experiência conectada muito mais imersiva que combina os reinos da realidade virtual e da internet. Embora os detalhes de quais seriam os planos do Facebook para o metaverso ainda permaneçam vagos, parece que Zuckerberg pode estar prestes a anunciar uma mudança de marca e um novo nome para o Facebook. Portanto, podemos esperar uma grande surpresa em breve.


A notícia chega através de uma reportagem da Verge que cita uma “fonte com conhecimento direto do assunto” não identificada. A mudança no nome ocorre no momento em que a empresa procura mudar um pouco o foco, concentrando-se totalmente no conceito de metaverso. Espera-se que Mark Zuckerberg fale em detalhes sobre o rebranding na conferência Connected em 28 de outubro, mas é provável que mais informações sobre o novo nome sejam reveladas antes disso – talvez nos próximos dias.

Facebook está prestes a mudar de nome

Facebook está prestes a mudar de nome

A mudança de marca soa muito semelhante à mudança que o Google fez vários anos atrás, com o Google se tornando um projeto da empresa guarda-chuva Alphabet. Da mesma forma, espera-se que o Facebook anuncie um novo nome, e talvez uma nova estrutura, com o aplicativo de rede social do Facebook mantendo sua marca e existindo como um projeto da empresa-mãe com seu novo apelido.

Não está claro como a reformulação da marca e a reestruturação poderiam funcionar. Pode ser que a recém-nomeada empresa-mãe seja diretamente responsável pelo foco do metaverso, com Facebook, Instagram e outros projetos do mesmo estábulo continuando abaixo disso. Alternativamente, é possível que, além de um novo nome para a empresa guarda-chuva, também possa haver uma divisão metaverso totalmente nova.

Só o tempo dirá, mas a questão é o quanto – se é que importa – isso. Quando o Google anunciou o Alphabet, isso significava muito pouco para o usuário ou pessoa média. Seis anos depois, é raro que muitas pessoas se refiram ao Alphabet; força do hábito significa que o Google ainda é visto como a principal empresa. É claro que os investidores, a comunidade de tecnologia e os especialistas da indústria veem as coisas de maneira um tanto diferente, e é provável que isso aconteça com o Facebook também.

Isso realmente importa?

Embora esteja longe de ser um segredo, é justo presumir que a maioria das pessoas que usam o WhatsApp e o Instagram não sabem ou simplesmente não se importam que esses produtos sejam do Facebook. O mesmo provavelmente será verdadeiro se e quando a marca do Facebook for deslocada para um nível inferior e a nova empresa de supervisão for lançada. A maioria dos usuários do Facebook continuará a usar o Facebook ignorando ou não se incomodando com o fato de ser propriedade de uma empresa de nome diferente.

O que será interessante ver é como o conceito de metaverso é usado para unir todos os produtos do Facebook e o quanto isso direcionará os serviços individuais.

Nesta fase, a renomeação do Facebook não foi confirmada. A empresa não está disposta a esclarecer o que está acontecendo, dizendo simplesmente: “O Facebook não comenta boatos ou especulações”.

Mas se os boatos forem verdadeiros, devemos saber mais em uma semana.

Via Betanews

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.