in

Facebook lança aplicativo dedicado a streaming de jogos

O Facebook Gaming promete facilitar a criação e o consumo de gameplays.

Facebook lança aplicativo dedicado a streaming de jogos
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

O Facebook quer tirar proveito do recente aumento no tráfego da internet e da alta demanda por conteúdo relacionado a jogos em sua plataforma, para criar um aplicativo dedicado a streaming de jogos separado que vai contra os gostos de Twitch, Mixer e YouTube. O novo serviço virá com uma moeda virtual chamada stars que as pessoas podem comprar com dinheiro real para pagar seus streamers favoritos.

Facebook lança aplicativo dedicado a streaming de jogos

O Facebook diz que mais de 700 milhões de usuários usam sua plataforma para jogar, discutir sobre grupos de jogos e assistir a jogos e outros conteúdos relacionados a jogos. De acordo com a Streamlabs & Stream Hatchet, a plataforma registrou um crescimento de 236% em relação ao ano anterior no primeiro trimestre de 2020, e as pessoas assistiram a mais de 550 milhões de horas de conteúdo durante esses três meses.

Se você comparar isso com o YouTube Gaming Live e o Twitch, que viram 1,1 bilhão de horas e 3,1 bilhões de horas, respectivamente, parece muito menos impressionante.

O Facebook sabe disso, então está lançando um aplicativo dedicado chamado Facebook Gaming para enfrentar as plataformas de streaming da Amazon, Microsoft e Google.

Facebook lança aplicativo dedicado a streaming de jogos
Imagem: Reprodução | Tech Spot.

O Facebook Gaming promete facilitar a criação e o consumo de gameplays

O novo aplicativo esteve em desenvolvimento nos últimos 18 meses e foi originalmente planejado para ser lançado em junho. Entretanto, as recentes medidas de quarentena levaram a empresa a agilizá-lo, para que ele possa tirar proveito do recente aumento no tráfego da internet. Este será apenas mais um motivo para os gigantes da internet reforçarem a vasta infraestrutura que torna tudo isso possível.

O Facebook Gaming promete facilitar a criação e o consumo de gameplays. Por exemplo, um recurso chamado Go Live permitirá que as pessoas enviem transmissões com o menor atrito possível e as fixem em suas páginas pessoais. Assim, os amigos podem se juntar a elas facilmente.

A empresa diz que o novo serviço não terá anúncios. Além disso, permitirá que os criadores de conteúdo monetizem seu conteúdo usando algo chamado programa “Level Up”. A maneira como isso funciona é que as pessoas podem comprar tokens chamados “stars” e usá-los para pagar seus streamers favoritos. Para cada estrela que você envia a um criador de conteúdo, o Facebook paga US$ 0,01. Isso pode aumentar rapidamente com base no valor que as pessoas atribuem a seu conteúdo e quantas delas optam por assisti-lo.

Essa pode ser uma boa estratégia se o Facebook Gaming conseguir atrair pessoas cujo principal dispositivo de computação é um smartphone, como pessoas de países em desenvolvimento.

O novo aplicativo já está disponível no Google Play, com a versão iOS aguardando aprovação na App Store da Apple.

Fonte: Tech Spot

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

Samsung disse estar desenvolvendo o primeiro chip de memória flash NAND de 160 camadas da indústria

Samsung disse estar desenvolvendo o primeiro chip de memória flash NAND de 160 camadas da indústria

AMD lança novos processadores portáteis de 7 nm

Novos processadores Ryzen 3 para desktop da AMD agora são oficiais