in

Hedy é a linguagem para ensinar crianças a programar

É ideal para acostumar as crianças com a programação.

Hedy é a linguagem para ensinar crianças a programar

Uma linguagem de programação simples, fácil e voltada para crianças: assim podemos definir a a Hedy, que tem como objetivo ensinar crianças a programar a partir do bê-a-bá, ou seja, como se estivessem realmente aprendendo a ler e escrever pela primeira vez. Essa nova linguagem foi criada sob medida pela cientista holandesa Felienne Hermans. Ela trabalha como professora no Leiden Institute for Advanced Computing e criou a nova linguagem de programação como uma proposta para ensinar a escrever código gradualmente.

Hedy Hedy é a linguagem gradual para ensinar crianças a programar

proposta de Felienne é a seguinte: usar uma linguagem de programação gradual que aumente o número de elementos sintáticos. O nome dessa linguagem é Hedy e o grande objetivo é ensinar programação e Python de maneira gradativa.

Hedy é a linguagem para ensinar crianças a programar

No primeiro nível, Hedy oferece apenas impressão de texto e solicitação de entrada. Este nível tem como objetivo apresentar aos alunos a ideia de uma linguagem de programação e do ambiente a ser usado. A partir daí, Hedy sobe de nível para incluir uma sintaxe mais complexa e conceitos adicionais.

Um dos aspectos da programação com os quais os alunos muitas vezes lidam é a sintaxe das linguagens de programação: lembrar os comandos corretos a serem usados e combiná-los em um programa funcional.

Hedy é uma nova maneira de ensinar a sintaxe de uma linguagem de programação para iniciantes, ela é inspirada nos métodos educacionais pelos quais a pontuação é ensinada às crianças. Hedy começa como uma linguagem de programação simples, sem elementos sintáticos, como parênteses ou indentações. As regras mudam lenta e gradualmente até que os novatos programem em Python.

Hedy é uma proposta com grande potencial e especialmente interessante para introduzir as crianças ao mundo da programação. O projeto é de código aberto e qualquer pessoa pode começar a testá-lo a partir deste link diretamente no navegador.