in

HP adverte sobre novo bug que mata unidades SSD após 40.000 horas de operação

A HPE estima que os SSDs sem patches começarão a falhar já em outubro de 2020.

HP adverte sobre novo bug que mata unidades SSD após 40.000 horas de operação
Imagem: Reprodução | Bleeping Computer.

A Hewlett Packard Enterprise (HPE) mais uma vez avisa seus clientes que certas unidades SSD conectadas em série falharão após 40.000 horas de operação, a menos que um patch crítico seja aplicado para corrigir esse novo bug que mata unidades de estado sólido.

A empresa fez um anúncio semelhante em novembro de 2019, quando um defeito de firmware produziu falha após 32.768 horas de funcionamento.

Unidades afetadas pelo novo bug que mata SSD

O problema atual afeta as unidades nos servidores da HPE e nos seus produtos de armazenamento, como o HPE ProLiant, o Synergy, o Apollo 4200, os módulos de armazenamento Synergy, o gabinete de armazenamento D3000 e o StoreEasy 1000.

HP adverte sobre novo bug que mata unidades SSD após 40.000 horas de operação
Imagem: Reprodução | Bleeping Computer.

Além disso, o problema não é exclusivo da HPE e pode estar presente em unidades de outros fabricantes.

Se o SSD executar uma versão de firmware anterior ao HPD7, eles falharão após serem ligados por 40.000 horas. Isso significa 4 anos, 206 dias e 16 horas e é cerca de meio ano mais curto que a garantia estendida disponível para alguns deles.

Quando o ponto de falha é atingido, nem os dados nem a unidade podem ser recuperados. Prevenir esse desastre é possível em ambientes com configurações de backup de dados.

A HPE aprendeu sobre o bug do firmware de um fabricante de SSD.

O novo firmware pode ser instalado usando o componente flash online para VMware ESXi, Windows e Linux.

Não é tão ruim quanto da última vez

No entanto, há boas notícias. Ao verificar as datas de envio da HPE e considerando o limite de expiração de 40.000 horas, nenhum SSD afetado falhou devido a esse erro de firmware.

A HPE estima que os SSDs sem patches começarão a falhar já em outubro de 2020. Portanto, isso dá bastante tempo para os administradores aplicarem o firmware corrigido.

Por fim, como alternativa, os usuários podem executar scripts que verificam se o firmware em seus SSDs tem a falha de 40.000 horas. Os scripts funcionam para determinados SSDs HPE SAS e estão disponíveis para Linux, VMware e Windows.

Fonte: Bleeping Computer

Escrito por Leonardo Santana

Profissional da área de manutenção e redes, astrônomo amador, eletrotécnico e apaixonado por TI desde o século passado.

MalwareBazaar: Conheça um repositório de malwares!

MalwareBazaar: Conheça um repositório de malwares!

Vídeos do YouTube ficarão com definição 480p por padrão em todo o mundo no próximo mês

Vídeos do YouTube ficarão com definição 480p por padrão em todo o mundo no próximo mês