in

Instalador “Bullseye” do Debian 11 já está disponível para testes

Primeira versão alfa oferece melhor suporte de hardware

Debian habilita suporte para inicialização a partir de sistemas de arquivos F2FS raiz

O Projeto Debian lançou hoje a primeira compilação alfa de desenvolvimento do instalador para a sua próxima série de sistemas operacionais Debian GNU/Linux 11 “Bullseye“. Sendo assim, o instalador “Bullseye” do Debian 11 já está disponível para testes públicos.

Lançado no início deste ano durante a conferência DebConf19, o Debian GNU/Linux 11 “Bullseye” será o próximo grande lançamento do aclamado sistema operacional baseado em Linux usado por milhões de usuários de computador em todo o mundo. Seu desenvolvimento começou há alguns meses. Então, agora é hora de testar a primeira versão alfa do Debian Bullseye Installer.

Está na hora de começarmos a fazer isso: muitos componentes foram atualizados, substituindo” CD” e “CD-ROM “por “mídia de instalação”. Essas alterações não são documentadas individualmente. Isso também explica por que muitos idiomas não estão totalmente traduzidos neste versão alfa, disse Cyril Brulebois em nome da equipe de lançamento do Debian.

Instalador “Bullseye” do Debian 11 já está disponível para testes públicos. Veja o que há de novo:

Instalador "Bullseye" do Debian 11 já está disponível para testes

A primeira versão alfa do Debian Installer para o próximo sistema operacional Debian GNU/Linux 11 “Bullseye” vem com melhorias e melhor suporte de hardware. Entre os quais, podemos mencionar:

  • o suporte DTB para o Rasperry Pi Compute Module 3;
  • suporte virtio-gpu para saída gráfica em instâncias de VM;
  • e suporte para o computador de placa única Olimex A20-OLinuXino-Lime2-eMMC.
  • O Debian Bullseye Installer também vem com cryptsetup-initramfs em vez de cryptsetup;
  • suporte aprimorado para exibições HiDPI nas imagens de inicialização via rede em computadores EFI;
  • mais transição de documentação para o DocBook XML 4.5;
  • novo módulo de teste GRUB2 para imagens UEFI assinadas;
  • e capacidade de instalar pacotes de virtualização relacionados quando esta virtualização é detectada.

Novidades do Kernel

A imagem do kernel também recebeu vários módulos, incluindo i2c-rk3x, domínio rockchip-io, atmel_mxt_ts, teclado OLPC AP-SP, pl330, physmap e Thermal_sys para melhor suporte de hardware. 

Por último, mas não menos importante, o Debian Bullseye Installer alpha 1 remove as imagens dos dispositivos QNAP TS-11x/TS-21x/HS-21x, QNAP TS-41x/TS-42x e HP Media Vault mv2120 devido a problemas de tamanho com o Linux núcleo.

Obviamente, também existem várias outras mudanças menores, que você pode observar neste anúncio da lista de discussão. O Projeto Debian continua a remoção dos pacotes Python 2 obsoletos da série. O Debian 11 “Bullseye” deve chegar somente em 2021. Até então, você pode testar o Debian installer Bullseye Alpha 1 aqui.

Fonte: Softpedia

Escrito por Claylson Martins

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Purism anuncia telefone Librem 5 "Made in USA"

Purism anuncia telefone Librem 5 “Made in USA”

CAINE 11.0 já lançado

CAINE 11.0 já lançado