Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias

18/07/2021 às 14:00

7 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

JavaScript, AWS, GitHub e Windows são os mais usados por desenvolvedores

Pesquisa abrange 32 mil desenvolvedores ao redor do planeta.

JavaScript, AWS, GitHub e Windows são os mais usados por desenvolvedores

A JetBrains publicou os resultados de sua quinta ‘Pesquisa de Ecossistema de Desenvolvedores’uma pesquisa na qual quase 32.000 programadores de todo o mundo participaram com o objetivo de nos fornecer uma visão geral da situação atual no mundo da programação, especialmente em relação às linguagens e ferramentas mais utilizadas. A pesquisa mostra que JavaScript, AWS, GitHub e Windows são os mais usados por desenvolvedores em todo o planeta.

Existem várias chaves que apontam os resultados da pesquisa. A primeira é que o programador médio é jovem (apenas 14% têm mais de 40 anos) e do sexo masculino (numa proporção que varia entre 97% entre os mais veteranos e 81% entre os que ainda não têm experiência profissional).

À pergunta “para quais plataformas você desenvolve?”, 71% afirmam programar para web backend, 58% para web frontend, 32% para desktop e 30% para mobile. Depois vêm os servidores, nuvem, Internet das Coisas … e até 1% nos consoles.

JavaScript, AWS, GitHub e Windows são os mais usados por desenvolvedores

JavaScript, AWS, GitHub e Windows são os mais usados por desenvolvedores

As linguagens de programação da moda

Em termos de linguagens de programação, o JavaScript é o mais usado, com 69% dos desenvolvedores entrevistados admitindo o uso embora apenas 39% o indiquem como sua “principal linguagem de programação”. Por região, o JavaScript lidera no Ocidente e na Índia, mas não no Extremo Oriente, onde Java ainda mantém sua coroa.

Na verdade, abaixo do JavaScript, Java e Python continuam sua guerra particular: Python (52%) já é mais usado do que Java (49%), mas o último ainda é mais popular do que o anterior como uma “linguagem principal” (32%). Entre Python e JavaScript ainda podemos encontrar um veterano com saúde de ferro: a linguagem de banco de dados SQL (54%).

Quatro outros rankings nos ajudam a sentir a evolução das tendências do mercado de desenvolvimento de software. Um é o TOP5 das linguagens que os desenvolvedores estão aprendendo este ano, onde encontramos – nesta ordem – JavaScript, Python, TypeScript, Java e Go.

O outro é o TOP5 das linguagens para as quais os desenvolvedores estão pensando em migrar , uma lista na qual podemos encontrar novas faces desta vez: Go, Kotlin, TypeScript, Python e Rust. A seguir, podemos citar uma das linguagens com maior taxa de crescimento: Python, TypeScript, Kotlin, SQL e Go.

No entanto, assim como novas linguagens promissoras chegam, outras lentamente, mas silenciosamente, estão deixando o cenário de programação: Ruby, Objective-C e Scala tiveram seu uso reduzido ao máximo nos últimos cinco anos. Curiosidade: 84% dos desenvolvedores usam interface obscura em seus ambientes de desenvolvimento favoritos

O Windows lidera, mas o WSL não tem tanto peso

Entretanto, nem todas as novidades neste campo se concentram nas linguagens utilizadas: as ferramentas, plataformas e ambientes de programação também são importantes. Por exemplo, quais sistemas operacionais os programadores usam? Pois bem, o Windows ganha com 61% (um percentual bem menor do que o público em geral), com Linux e macOS quase empatados técnicos (47% e 44%, respectivamente).

E entre esses 61% qual a importância do WSL, o ambiente que permite a execução de ferramentas Linux dentro do Windows? Pois bem, apenas 35% admitem utilizá-lo, seja por meio de ferramentas nele instaladas, seja para rodar o software em desenvolvimento.

GitHub ou GitLab? AWS ou Azure?

Em relação aos serviços de controle de versão, o Github é usado por 91% dos participantes da pesquisa (20% a mais que no ano passado), seguido de longe pelo GitLab (48%) e pelo Bitbucket (30%), embora sua prevalência seja reduzida ao se perguntar sobre seu uso em projetos empresariais (48%, embora ainda na liderança).

E, por fim, plataformas de computação em nuvem: a Amazon Web Services (AWS) não só mantém, mas também consolida seu domínio, sendo utilizada por 64% dos pesquisados. Apesar dos esforços do Google e do Azure , suas plataformas estão vários níveis abaixo (25% e 22%, respectivamente). E, além disso, agregam novos concorrentes: o Alibaba Cloud já está em 12%.

Via Genbeta

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.