Como instalar o KDE Plasma 5.6 in Ubuntu, Debian, Linux Mint, Fedora, openSUSE, CentOS e RHEL!
O KDE Plasma 5.6 é um ambiente que por algum tempo ficou sendo observado por toda comunidade, pois é, agora ele promete ser mais leve que suas versões anteriores pois ele foi escrito na famosa linguagem Qt em sua versão 5, além disso foi otimizado o seu processamento, agora ele não vai fritar o seu processador, e claro, ele corrige alguns bugs e implementa recursos. 


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});
Entre os recursos mais esperados, estão os das notificações, pois é ele agora consegue notificar ao usuário semelhante aos avisos que ocorre no Unity que é desenvolvido pela Canonical, então, agora é possível receber até mesmo a notificação de download concluído, como os do Google Chrome. 
Segundo os desenvolvedores, eles continuam com o trabalho e a qualquer momento todos poderão receber mais melhorias, como por exemplos notificações do Telegram, Mozilla Thunderbird e outras funcionalidades relacionadas.

Para instalar o KDE Plasma 5.6 no Ubuntu/Linux Mint e derivados, você deve executar os comandos abaixo:
sudo add-apt-repository ppa:kubuntu-ppa/backports
sudo apt-get update && sudo apt-get dist-upgrade
sudo apt-get install kubuntu-desktop
Não esqueça de quanto reiniciar o seu computador de escolher o KDE na tela de login:

Para o Debian, você deve executar o seguinte comando:
sudo tasksel install kde-desktop
No openSUSE execute o seguinte:
sudo zypper in -t pattern kde kde_plasma
Para Fedora como ROOT execute o comando abaixo:
dnf install @kde-desktop
E para RHEL/CentOS execute o seguinte como ROOT:
yum groupinstall “KDE Plasma Workspaces”


(adsbygoogle = window.adsbygoogle || []).push({});

Redação
Este usuário é utilizado quando um post é migrado de um usuário para outro, ou quando alguém envia um conteúdo ao SempreUPdate.

    Lançada nova versão da distribuição Antivirus Live CD, o Antivirus Live CD 20.0-0.99.2!

    Previous article

    Canonical libera patches de segurança para o Ubuntu 12.04 LTS, 14.04 LTS e 16.04 LTS!

    Next article

    You may also like

    More in Dicas