LVFS explora firmware alternativo e de código aberto para dispositivos em fim de vida útil

Claylson Martins
4 minutos de leitura

Se você nunca ouviu falar, conheça o Linux Vendor Firmware Service (LVFS) com Fwupd. Este é um recurso para atualização de firmware no Linux pode em breve tornar mais fácil a transição de dispositivos mais antigos e em fim de vida de pacotes de firmware oficiais e para Coreboot de código aberto para hardware de PC mais antigos. Isso não apenas faria com que o sistema funcionasse com mais software livre, mas também prolongaria a vida útil do hardware com atualizações de firmware em que o fornecedor cessou o suporte.

O desenvolvedor líder de LVFS/Fwupd, Richard Hughes, da Red Hat, lançou uma pergunta da comunidade:

Hipoteticamente, se uma entidade legal (como o LVFS) começasse a distribuir atualizações de segurança de firmware Coreboot para hardware EOL como o ThinkPad X220 (com a bênção dos fornecedores), como isso seria? Você teria que aceitar explicitamente e ficaria claro que toda a garantia do OEM se foi.

No entanto, existem algumas questões legais envolvidas. Primeiramente, tal movimento pode não ser endossado pelo fornecedor do hardware. Porém, o hardware afetado está em fim de vida. Assim, isso deve beneficiar o uso de laptops e placas-mãe de desktop ou placas-mãe de servidor da Intel. Entretanto, não é muito fácil para usuários inexperientes fazer o flash e a transição com etapas geralmente bastante envolvidas para construção e flash. LVFS/Fwupd pode tornar muito mais fácil desligar o firmware proprietário do seu sistema e para firmware livre onde houver suporte.

LVFS explora firmware alternativo e de código aberto para dispositivos em fim de vida útil

Hughes posteriormente propôs a ideia de ramificações alternativas para LVFS. Até então, o LVFS dependia exclusivamente do ODM/OEM para fazer upload de firmware para seu hardware. Isso por conta de requisitos legais e segurança entre outros itens. As ramificações de firmware alternativo seriam estritamente aceitas pelo usuário e mostrariam avisos apropriados sobre as possíveis consequências (funcionalidade reduzida, hardware danificado). Além disso, o firmware alternativo não pode aproveitar nenhum código, binário, ativo do hardware original sem permissão do fabricante.

LVFS explora firmware alternativo e de código aberto para dispositivos em fim de vida útil
LVFS explora firmware alternativo e de código aberto para dispositivos em fim de vida útil


Os laptops ThinkPad mais antigos, em particular, tendem a ver as portas Coreboot e podem ter vida útil prolongada com a proposta de “firmware alternativo”. Outro hardware com firmware de terceiros de código aberto também pode se beneficiar.

Além do Lenovo ThinkPad X220, o firmware Broadcom BCM57xx GPL é outro exemplo de algo que pode ser oferecido como opção alternativa. 

É insanidade jogar no lixo uma máquina que funciona perfeitamente apenas porque é considerada EOL pelo fornecedor de hardware original e não recebe mais atualizações de segurança.

Se pudermos ajudar a fornecer firmware seguro alternativo, essas máquinas fornecerão acesso barato para educação e emprego para aqueles que não podem pagar por dispositivos.

Veremos se o LVFS será capaz de oferecer esse serviço de firmware alternativo como uma organização sem qualquer tipo de bloqueio por parte dos fornecedores de hardware.

Via Phoronix

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.