Meta anuncia novas medidas de proteção para aumentar a segurança de menores em suas plataformas

Menores de 16 anos agora não poderão receber mensagens ou serem adicionados a bate-papos em grupo por usuários que não seguem

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

A Meta, empresa por trás das redes sociais Instagram e do Facebook, anunciou novas medidas para aumentar a segurança de menores em suas plataformas. Uma das principais mudanças é que menores de 16 anos (ou menores de 18 anos em alguns países) agora não poderão receber mensagens ou serem adicionados a bate-papos em grupo por usuários que não seguem.

Medidas de proteção para aumentar a segurança de menores em plataformas Meta

A Meta quer, com essas medidas, evitar contato indesejado dessas crianças e adolescentes com estranhos. Além disso, a Meta está introduzindo configurações de mensagens mais rígidas para adolescentes, limitando o tipo e o número de mensagens diretas que as pessoas podem enviar para alguém que não as segue.

Estas medidas fazem parte dos esforços da Meta para proporcionar experiências mais adequadas à idade dos menores e para dar aos pais mais controlo sobre as experiências online dos seus filhos adolescentes. A Meta afirma que está fortalecendo a proteção da segurança online de menores e evitando-os de assédio desnecessário.

meta-anuncia-novas-medidas-de-protecao-para-aumentar-a-seguranca-de-menores-em-suas-plataformas

As mudanças do Meta incluem

  • Bloquear mensagens privadas de estranhos por padrão, para reduzir a exposição dos jovens a potenciais catadores online.
  • Supervisão parental melhorada, impedindo, por exemplo, que um adolescente altere sua conta de privada para pública.
  • Proteção contra imagens inapropriadas. O recurso funcionará em bate-papos criptografados e solicitará que os remetentes evitem o envio desse tipo de conteúdo.

Estas novas medidas fazem parte de uma série de esforços que a Meta fez durante o ano passado para proteger os menores. A empresa já foi acusada de transformar o Facebook e o Instagram em “mercados para crianças predadoras” devido a problemas de algoritmo. Meta espera que essas restrições mais rígidas e controles parentais mais fortes reduzam efetivamente o comportamento ilegal na plataforma. Também espera criar um ambiente online mais seguro e saudável para os adolescentes.

Essas medidas da Meta significam um passo significativo no sentido de melhorar a segurança online dos menores nas suas plataformas. Ao restringir os recursos de mensagens e bate-papo em grupo para usuários menores de 16 (ou 18 anos), o Meta visa proteger os usuários jovens. Isto irá protegê-los de potenciais riscos online e interações indesejadas com estranhos.

A introdução de configurações de mensagens mais rígidas e supervisão parental aprimorada ressalta ainda mais o compromisso da Meta com a segurança das crianças e adolescentes. A empresa espera promover experiências adequadas à idade e capacitar os pais para supervisionar as atividades online dos seus filhos adolescentes. Com estas mudanças proativas, a Meta procura mitigar as preocupações relativas à segurança infantil.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.