Meta demitirá mais de 11 mil funcionários para cortar custos

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

Mais cedo falamos da possibilidade de a Meta demitir funcionários da empresa. Inclusive, o Reuters (Via: Gizchina) previa a demissão de 13% dos funcionários da empresa. Meta demitirá mais de 11 mil funcionários para cortar custos.

A razão para tudo isso é que o Facebook não gosta de como seu negócio de publicidade funciona. Além disso, os custos da empresa aumentaram muito. Assim, 11.000 funcionários deixarão seus cargos.

Meta demite em massa funcionários da empresa

Atualmente, muitas grandes empresas de tecnologia fazem o mesmo. Mas o número de funcionários da Meta que serão demitidos em breve é ??o maior nos EUA este ano. Além disso, é a primeira grande demissão durante os 18 anos em que está no mercado.

meta-demite-mais-de-11-mil-funcionarios-para-cortar-custos
Imagem: Gizchina

“Não apenas o comércio online voltou às tendências anteriores, mas a desaceleração macroeconômica, o aumento da concorrência e a perda de sinal de anúncios fizeram com que nossa receita fosse muito menor do que eu esperava”, disse um CEO do Facebook em uma carta.

Ele também acrescentou que a empresa precisa melhorar a eficiência do capital. Em outras palavras, o Facebook vai transferir recursos para “áreas de crescimento de alta prioridade”.

Os funcionários demitidos do Facebook receberão alguns salários. A esse respeito, a empresa anunciou que pagaria 16 semanas de salário base, duas semanas extras para cada ano de serviço e todas as folgas remuneradas restantes. Essas 11.000 pessoas também terão suas ações definidas para serem adquiridas em 15 de novembro e cobertura médica por seis meses, aponta o Gizchina.

As demissões

Essas demissões farão o Facebook desembolsar um bom dinheiro. De acordo com várias fontes, será cerca de US $ 85-87 bilhões (cerca de R$ 450 bi). Em contraste, as demissões da Intel permitirão à empresa cortar custos em US$ 13 bilhões (cerca de 67,4 bi).

No momento, todas as grandes empresas de tecnologia estão iniciando demissões em massa. Todos decidiram agir dessa forma devido às dificuldades atuais. Alguns podem dizer que é um problema de gestão, enquanto outros o relacionam com a situação econômica do mundo.

Essas demissões da Meta, assim como de outras empresas trarão um impacto massivo para os funcionários demitidos. Funcionários do Twitter, por exemplo, já entraram com ações coletivas contra a empresa. Assim, poderemos ver ações contra a Meta também, em breve.

É triste ver as empresas executando essas demissões em massa, já que muitos funcionários ficarão desempregados. Só na Meta, um número total de 11 mil funcionários, um número muito expressivo.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.