Notícias

05/11/2021 às 09:00

7 min leitura

Avatar Autor
Por Claylson Martins

Microsoft adiciona suporte para Linux ao Endpoint Manager

As melhores ofertas de software da Black Friday 2021: obtenha o Windows 10 Pro por 11€ e atualize para o Windows 11 Pro gratuitamente!

Ao que parece, a Microsoft não quer deixar de apresentar uma surpresa ligada ao Linux e ao mundo opensource pelo menos uma vez por semana, em média. A mais recente surpresa da Microsoft é adicionar suporte nativo ao Linux ao software Endpoint Manager.

O Microsoft Endpoint Manager permite gerenciar dispositivos Windows, macOS, iOS e Android para as necessidades de gerenciamento de local de trabalho e configuração. Agora, porém, eles estão apresentando suporte para desktop Linux ao Endpoint Manager.

O Microsoft Endpoint Manager está adicionando estações de trabalho Linux à sua solução unificada de gerenciamento de endpoint, com funcionalidade de visualização a ser lançada no início de 2022.

Atualmente, os clientes podem gerenciar seus dispositivos Windows, Mac, iOS e Android com o Microsoft Endpoint Manager. No entanto, eles estão deixando as estações de trabalho Linux sem gerenciamento ou estão gerenciando-as com uma solução diferente. As organizações precisam garantir que seus dispositivos Linux sejam compatíveis e seguros, e os administradores de TI precisam reduzir os problemas de conformidade e implantar software e atualizações para todos os tipos de dispositivos, incluindo Linux. Ao adicionar suporte ao Linux, as organizações serão capazes de usar a mesma solução unificada que usam para gerenciar outros endpoints para gerenciar desktops Linux e garantir que esses endpoints sejam compatíveis para que possam aplicar as mesmas políticas de proteção e configurações para acesso seguro aos recursos da empresa.

Microsoft adiciona suporte para Linux ao Endpoint Manager

O Microsoft Endpoint Manager será capaz de fornecer gerenciamento e verificações de conformidade para o desktop Linux com foco no gerenciamento de estações de trabalho Linux dentro do ambiente corporativo.

A capacidade de gerenciar estações de trabalho Linux está sendo implementada no início de 2022. Se você estiver interessado no Microsoft Endpoint Manager para gerenciamento de dispositivos em sua organização agora que há suporte para Linux, saiba mais sobre esse marco de desktop Linux no blog da Microsoft Tech Community.

Intel e Microsoft trazem oneAPI L0 e OpenCL para WSL2 com pilha de código aberto e DXGKRNL

Microsoft adiciona suporte para Linux ao Endpoint Manager

A Intel e a Microsoft anunciaram o suporte API Nível Zero e Intel OpenCL para o Windows Subsystem for Linux (WSL2). Isso ocorre enquanto empregam aceleração de hardware gráfico Intel.

Semelhante a NVIDIA trazendo CUDA e seu suporte de GPU acelerado para WSL2, bem como esforços semelhantes da AMD no lado Radeon, a Intel e a Microsoft estão agora tendo a computação gráfica Intel trabalhando dentro dos limites do Linux no Windows 11 ou Windows 10 21’H2.

OneAPI Nível Zero acelerado por hardware, OpenVINO e OpenCL no hardware gráfico da Intel agora podem ser aproveitados no ambiente WSL2 ao usar as atualizações e drivers mais recentes. Como com o resto da pilha WSL2 e recursos de outros fornecedores de GPU, isso está em um nível quase nativo de desempenho.

Assim, a Microsoft faz com que o Compute-Runtime de código aberto da Intel trabalhe sobre o driver de código aberto da Microsoft, mas não o kernel principal. Isso se refere ao driver DirectX “dxgkrnl” que tinha poucas chances de ser utilizado quando publicado no ano passado. Em grande parte devido à falta de clientes de código aberto. Com este código Intel Compute-Runtime conectado no topo, há a possibilidade agora que a Microsoft tente obter seu driver DXGKRNL mesclado com a linha principal.

Mais detalhes sobre este esforço de computação da GPU Intel dentro do subsistema Windows para Linux por meio do blog da linha de comando da Microsoft. No blog da Intel, estão as etapas de configuração atualmente envolvidas.

Via Phoronix

Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
×