Categorias

o-android-13-tem-codinome-interno-vazado-a-aposta-agora-e-a-sobremesa-tiramisu

Android

Games

Notícias

Tutoriais

youtube-duplica-a-acessibilidade-com-novos-recursos

Vídeos

Notícias

13/10/2021 às 09:50

5 min leitura

Avatar Autor
Por Jardeson Márcio

Microsoft e AMD corrigirão problema de desempenho e bugs do Ryzen no Windows 11 na próxima semana

Os problemas podem estar perto de serem resolvidos

Microsoft corrige o problema de desempenho da CPU da AMD
Rate this post

A Microsoft lançou ontem, 12 de outubro, a primeira atualização para o novo sistema operacional Windows 11. Desde o lançamento do novo sistema, que os processadores Ryzen da AMD sofrem problemas de desempenho. E a atualização só piorou isso. Agora, Microsoft e AMD dizem que corrigirão o problema de desempenho do Ryzen no Windows 11 na próxima semana.

Pouco depois do lançamento do Windows 11, a AMD e a Microsoft descobriram que o novo sistema operacional estava mal otimizado para os processadores AMD Ryzen. Ele aumenta a latência do cache L3 em até três vezes, e o novo agendador do SO não gerencia corretamente o mecanismo de Controle de Desempenho do Processador Colaborativo (CPPC2) e não redireciona os threads para os núcleos de processador mais rápidos para desempenho máximo. Tudo isso leva a uma redução no desempenho de aplicativos de trabalho e jogos em até 15%.

Depois de instalar a atualização cumulativa para o Windows 11, que a Microsoft lançou em 12 de outubro, a latência quase dobrou para 31,9 ns, tornando os processadores AMD Ryxen ainda mais lentos. Mas, uma resolução para esse problema já está em andamento e deve chegar nos próximos dias.

Uma correção para o problema de desempenho do AMD Ryzen deve ser lançada na próxima semana

microsoft-e-amd-corrigirao-problema-de-desempenho-e-bugs-do-ryzen-no-windows-11-na-proxima-semana

Anteriormente, foi dito que a AMD estaria trabalhando com a Microsoft para desenvolver atualizações que devem resolver os problemas de lenta memória cache de 3 níveis nos processadores Ryzen no ambiente Windows 11, bem como melhorar a operação do mecanismo CPPC2.

Ontem, a AMD anunciou que um patch para corrigir bugs no CPPC2 será lançado em 21 de outubro. No entanto, alguns consumidores podem recebê-lo mais cedo. Os detalhes não são especificados, mas, aparentemente, por esses consumidores a empresa se refere a seus clientes corporativos.

Uma atualização que aborda a latência do cache Ryzen L3 pode ser resolvida um pouco mais cedo. A Microsoft está planejando lançar uma atualização em 19 de outubro seguida pela atualização de driver da AMD em 21 de outubro, então há uma boa chance de vermos os problemas resolvidos na próxima quinta-feira.

Até que isso aconteça, a Microsoft disse que não vai empurrar o Windows 11 para dispositivos com AMD Ryzen e sugere que os proprietários de tais PCs evitem atualizar manualmente.

Esperamos que essas atualizações preparadas pelas empresas corrijam o problema, principalmente de desempenho. Afinal, ninguém quer perder desempenho, os usuários procuram sistemas que aumentem o desempenho de suas máquinas e não o contrário.

Via: GSMArena / Gizchina

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Rate this post

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.