Novo Chrome prejudicará jogos em flash

Quem costuma jogar pelo Chrome é bom ficar atento. O novo Chrome 71 vai afetar diretamente quem curte games em flash. A mudança está prevista desde a versão 66 mas deve chegar para valer na 71, prevista para dezembro deste ano. Portanto, confira neste post que o novo Chrome prejudicará jogos em flash.

Mudanças neste ano

Chrome completa dez anos e deixa adversários para trás

No começo de 2018, o Chrome silenciou o áudio da reprodução automática de vídeos de sites. A medida foi comemorada por muitos usuários. Entretanto, a ação também afetou o padrão antigo do áudio dos jogos e aplicações para web. Então, os desenvolvedores precisaram atualizar às pressas sites antigos. Ao mesmo tempo, prejudicou os criadores de games e apps para o navegador. O Google adiou essa mudança para os games. Porém deve retomar a mudança.

A equipe do Chrome reconheceu as alterações sem aviso na API do áudio e prometeu mais orientações sobre as mudanças. A atualização Chrome 70, que chegará em breve, vai começar a bloquear a reprodução automática de áudio em vídeos. Porém é na versão 71 que a função vai de fato pegar para valer os desenvolvedores. Então, eles precisarão buscar alguma alternativa.

Adaptação ao usuário

adobe-anuncia-fim-do-flash-player

Ao site The Verge, uma porta-voz do Google disse que o Chrome vai aprender quais sites os usuários frequentemente interagem. A partir daí, haverá a liberação automática do vídeo nas preferências. Ainda segundo o Google, a companhia estará acrescentando um novo recurso que irá reduzir o impacto em games antigos. Para isso, o áudio iniciará, em certos casos, depois que o usuário interagir com a página.

Para a API de áudio da web, a política de reprodução automática será lançada no M71. Isso afeta jogos Web, alguns aplicativos WebRTC e outras páginas da Web usando recursos de áudio. Os desenvolvedores precisarão atualizar seu código para aproveitar a nova política de uso.

Claylson
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão.

Como instalar o ClamAV Antivírus no Ubuntu, Debian, Linux Mint,Fedora, CentOS, RHEL

Previous article

KDE Plasma 5.14 recebe atualização

Next article

You may also like

More in Notícias