O Google confirma seu mecanismo de buscas ganhará chatbot AI

As pesquisas ficarão ainda melhores com o auxílio da Inteligência Artificial

Jardeson Márcio
3 minutos de leitura

Desde que o ChatGPT foi lançado, o mecanismo de buscas do Google está ameaçado, já que nunca teve um concorrente à altura antes. Afinal, por que ir à Pesquisa para encontrar o que você precisa quando pode conversar com um bot que pode não apenas ajudá-lo a encontrar um link, mas também fornecer contexto para esse link e ajudá-lo nas próximas etapas? O Google sabe dessa ameaça e deve implementar um chatbot AI no seu mecanismo de buscas em breve.

Google deve integrar ao seu mecanismo de buscas um chatbot AI

Com o lançamento do Google Bard em março, era apenas uma questão de tempo até que a empresa anunciasse que um chatbot da Pesquisa Google AI estava em andamento. Agora, em entrevista ao The Wall Street Journal (Via: Android Authority), o CEO do Google, Sundar Pichai, confirmou exatamente isso.

o-google-confirma-seu-mecanismo-de-buscas-ganhara-chatbot-ai
Imagem: Android Authority

Infelizmente, isso é tudo o que Pichai confirmou. Ele se recusou a fornecer um cronograma para o lançamento desse recurso. Ele também não esclareceu se esse chatbot da Google Search AI seria Bard, baseado em Bard, ou outra coisa.

Segundo ele: “As pessoas poderão fazer perguntas ao Google e interagir com os LLMs [modelos de aprendizado de idiomas] no contexto da pesquisa? Com certeza. Então, podemos esperar uma boa integração do chatbot do Google com seu mecanismo de buscas.

O Google já está atrasado quando se trata de chatbots de IA. O Bard ainda não está totalmente acessível ao público, ficando atrás do ChatGPT. A Microsoft já incorporou o bate-papo AI em seu próprio mecanismo de busca, o Bing. Em outras palavras, o Google precisa agir rapidamente para acompanhar a tendência, ou ficará cada vez mais para trás.

A Pesquisa do Google ainda é um dos melhores serviços da empresa, arrecadando US$ 162 bilhões (cerca de R$ 819,7 bi) somente no ano passado. Se começar a perder participação de mercado para outros chatbots de IA – ou mesmo para o Bing, alvo de piadas há mais de uma década – pode estar com sérios problemas. Sem dúvida, esta é a maior ameaça que o Google enfrentou desde que começou.

Só precisamos esperar e ver com que rapidez o Google pode agir agora. De qualquer forma, a empresa parece preocupada em acompanhar o fluxo da IA, trazendo integrações com os seus serviços. Esperamos que o Bard seja aberto ao público o mais breve possível e essa integração com o mecanismo de buscas do Google seja lançada rapidamente.

Share This Article
Follow:
Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.