Categorias

Android

Games

Notícias Linux

Tutoriais Linux

Vídeos

Notícias Linux

07/05/2021 às 18:00

8 min leitura

Por Jardeson Márcio

O Google Pixel 6 terá chip próprio da empresa

android-12-prepara-a-traducao-automatica-de-aplicativos-para-telefones-pixel

Como o Android é de código aberto, os desenvolvedores e entusiastas às vezes conseguem capturar fatos interessantes no firmware. Desta vez, eles conseguiram encontrar a confirmação de rumores de que o Google está criando um processador especial que pode ser usado no Pixel 6. No início deste mês, um relatório alegou que o Google enviará usará seu próprio chip no próximo Pixel. Agora, um Googler deixou um comentário online que fornece a primeira evidência pública que podemos apontar para que o próximo Pixel 6 será alimentado pelo chip de rumores feito pelo Google.

Portanto, os relatórios de 9to5Google e XDA Developers encontraram uma menção à plataforma Whitechapel no código do Android Open-Source Project. Lembre-se de que em seus vazamentos, insiders, falando sobre o chip proprietário do Google, mencionaram esse nome e o chamaram de GS101. Presumivelmente, GS é o Google Silicon.

Imagem: TecMundo

Desenvolvimento do Whitechapel

Anteriormente, foi dito que o SoC está em desenvolvimento pela gigante das buscas em conjunto com a Samsung. Portanto, vários especialistas não excluem a possibilidade de que esta seja uma versão atualizada de algum chip Exynos. Assim, curiosamente, especialistas nos prometem que a Samsung também está criando um processador para a Xiaomi.

A abreviatura P21 está inseparavelmente presente no código do firmware junto com Whitechapel. Muito provavelmente, estamos falando sobre o Pixel 2021. E o primeiro novo chip receberá um smartphone da empresa em 2021. Relatórios apontam que Whitechapel será uma plataforma usando as normas da tecnologia de 5 nanômetros e incluirá oito núcleos de processador, onde dois Cortex-A78, um par de núcleos Cortex-A76 e um quarteto de núcleos Cortex-A55. Mas o acelerador gráfico será ARM Mali.

Se o Google realmente começar a instalar chips em seus aparelhos, criado especificamente para ele e com afinação de processos, afinado para melhorar a qualidade das fotos, então veremos quase referência a telefones com câmera Android com componentes de hardware e software ideais.

O Google Pixel 6 virá com chip próprio do Google e terá suporte de banda ultralarga para encontrar coisas

De acordo com os últimos relatórios, o Google está planejando adicionar suporte de banda ultralarga para seus próximos smartphones. Um novo relatório diz que o recurso deve estrear na série Google Pixel 6. Observe que Samsung, Apple e várias outras empresas já estão usando banda ultralarga para localizar dispositivos.

Aparentemente, o suporte para comunicação de banda ultralarga aparecerá em breve na maioria dos smartphones principais. Quanto ao Google, a banda ultralarga estará disponível no próximo smartphone da empresa, de codinome Raven. É relatado que o equipamento para a implementação desta função será fornecido ao gigante das buscas pela empresa Qorvo. Ainda não está claro como o Google usará banda ultralarga em smartphones, no entanto, presumimos que a empresa irá lançar um rastreador para encontrar coisas como Oppo, Samsung e Apple.

Via: XDA-Developers / Gizchina

Jardeson é Mestre em Tecnologia Agroalimentar e Licenciado em Ciências Agrária pela Universidade Federal da Paraíba. Entusiasta no mundo tecnológico, gosta de arquitetura e design gráfico. Economia, tecnologia e atualidade são focos de suas leituras diárias. Acredita que seu dia pode ser salvo por um vídeo engraçado.

Rate this post

Últimos artigos

Newsletter

Receba nossas atualizações!

Newsletter

Receba nossas atualizações!
  • Este campo é para fins de validação e não deve ser alterado.
×