Programa de desenho Pinta lança versão 2.0 e foi portado para GTK 3

Claylson Martins
4 minutos de leitura

O programa de desenho e edição de imagens Pinta acaba de lançar a versão 2.0 e foi portado para o GTK 3. O anúncio foi dos desenvolvedores do programa de código aberto, totalmente gratuito e multiplataforma. Ele é escrito em GTK+ e .NET. A atualização anterior, o Pinta 1.7.1, saiu há pouco mais de um mês. A versão atual está em GTK+ 3 e .NET 6, trazendo novas funções e deixando um visual mais moderno.

O porte GTK + 3 e .NET 6 deixou o Pinta melhor. No entanto, também oferece suporte aprimorado para telas HiDPI. Há, ainda, o suporte para diálogos de arquivos nativos da plataforma e para temas GTK + 3.

Além disso, a ferramenta de texto foi atualizada para usar o widget seletor de fonte GTK + padrão. Por outro lado, várias outras ferramentas receberam atualização para usar botões giratórios. Eles substituem as caixas de combinação editáveis.

Por se tratar de uma atualização importante, também proporciona uma melhor experiência de desenho. Por exemplo, agora é possível salvar as cores da paleta primária e secundária nas configurações do aplicativo. Outa alteração importante diz respeito ao conjunto das ferramentas incluídas para salvar as configurações padrão que você escolher. Assim, caso precise reiniciar o computador u o programa, as configurações serão mantidas.

Programa de desenho Pinta lança versão 2.0 e foi portado para GTK 3

Programa de desenho Pinta lança versão 2.0 e foi portado para GTK 3

Além disso, o Pinta 2.0 adiciona informações sobre posição e seleção. Isso é feito por meio de um widget de barra de status. Do mesmo modo, zoom e paleta de cores também mudaram. Já a paleta de ferramentas fica agora em uma única coluna. Os usuários também poderão clicar e arrastar com o botão do meio do mouse. Eles poderão, ainda, visualizar as cores usadas recentemente no widget de paleta de cores.

Entre outras mudanças, o novo Pinta 2.0:

  • Ferramentas como Lata de Tinta e Varinha Mágica tiveram melhorias importantes de desempenho;
  • mudanças nas ferramentas de seleção ao ajustar interativamente a parte selecionada;
  • e melhora a ação Colar em nova imagem. Isso evita a criação de vários itens de histórico desnecessários.

O painel de imagens e o suporte para suplementos desapareceram desta versão. Porém, os desenvolvedores prometem que o último retornará em uma atualização futura. Além disso, vários bugs foram eliminados para tornar a Pinta mais estável e confiável ao editar suas imagens. 

Onde baixar o Pinta 2.0

Então, quem quiser mais detalhes sobre as mudanças no Pinta 2.0, deve acessar as notas de versão do GitHub. Por outro lado, quem quiser baixar o novo Pinta 2.0 deve acessar o site oficial do programa. Assim, ele pode ser instalado como aplicativo Flatpak ou Snap em qualquer distribuição Linux que suporte esses formatos. No entanto, quem quiser pode baixar o código fonte e fazer a compilação por conta própria.

Share This Article
Follow:
Jornalista com pós graduações em Economia, Jornalismo Digital e Radiodifusão. Nas horas não muito vagas, professor, fotógrafo, apaixonado por rádio e natureza.